28 de January de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Cuba participa da celebração do Dia Internacional da Paz

Cuba participa da celebração do Dia Internacional da Paz

Havana, 21 set (Prensa Latina) O presidente de Cuba Miguel Díaz-Canel disse hoje que seu país participa das comemorações do Dia Internacional da Paz, com a convicção de que somente a paz tornará possível construir um mundo melhor.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Através de sua conta no Twitter, o presidente ratificou o compromisso da nação caribenha com a defesa da vida, da esperança e da reconciliação, ’em meio a um planeta dominado por Covid-19 e conflitos militares’.

No dia anterior, falando na segunda parte do debate sobre as Metas de Desenvolvimento Sustentável na 76ª sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas (AGNU), o chefe de Estado pediu que se renunciasse ao egoísmo e que se trabalhasse em conjunto para transformar a atual ordem internacional injusta.

‘A construção do mundo que sonhamos é uma tarefa gigantesca, mas é possível se renunciarmos ao egoísmo e trabalharmos juntos para transformar a injusta ordem internacional atual em uma ordem mais justa, democrática e equitativa, na qual, finalmente, ‘ninguém fica para trás”, enfatizou Díaz-Canel no fórum. A cada 21 de setembro, o mundo celebra o Dia Internacional da Paz, instituído pela UNGA, que promove a não-violência e um cessar-fogo de 24 horas.

Este ano o foco está no impacto da pandemia de Covid-19, com a intenção de ajudar a recuperar, construir resiliência e transformar o planeta em um mais igual, justo, equitativo, inclusivo, sustentável e saudável.

Em particular, a ONU observa que a emergência sanitária atinge mais duramente os grupos desfavorecidos e marginalizados, como revelado pela extensão da vacinação contra a doença.

Em abril de 2021, apesar de mais de 687 milhões de doses de imunógeno terem sido administradas, cerca de 100 países não recebiam nenhuma; além disso, as pessoas envolvidas em conflitos eram as mais vulneráveis em termos de falta de acesso aos cuidados de saúde.

O presidente cubano denunciou que uma ordem internacional injusta e antidemocrática é a causa das desigualdades e da exclusão enfrentadas pelas grandes maiorias, e observou que, enquanto ela prevalecer, os objetivos mais nobres continuarão sendo uma quimera.

mem/kmg/bm/gdc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.