8 de December de 2021

NOTICIAS

Primeiro-ministro haitiano apela à paz e reconciliação

Primeiro-ministro haitiano apela à paz e reconciliação

Porto Príncipe, 20 set (Prensa Latina) O Primeiro-Ministro do Haiti, Ariel Henry, apelou hoje pela paz, unidade e reconciliação durante a comemoração do 263ú aniversário do nascimento do pai da independência, Jean Jacques Dessalines.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Em um discurso do Museu Nacional do Panteão Haitiano, Henry pediu para deixar de lado as diferenças para destacar o valor e o prestígio da nação, e para trabalhar juntos para transformar o país.

‘É a mais bela homenagem, o mais belo presente que podemos oferecer àquele que nos reúne neste lugar no aniversário de seu nascimento’, disse o neurocirurgião que elogiou as façanhas e conquistas revolucionárias de Dessalines.

Apesar de vários especialistas ressaltarem que não há prova documental da data de nascimento do pai independentista, os historiadores concordam que foi por volta de 20 de setembro de 1758.

O líder da independência nasceu escravo e participou das revoltas na colônia francesa de Saint Domingue, hoje Haiti.

Ao serviço de Toussaint Louverture, ele subiu ao posto de general, e quando foi transferido para a França por ordem de Napoleão Bonaparte, Dessalines foi nomeado para liderar as tropas no sul.

No ano passado, o Presidente Jovenel Moïse decretou que o dia 20 de setembro fosse uma lembrança do imperador que libertou o Haiti do jugo colonial francês e, pouco depois, foi traído e assassinado.

‘Dessalines é o principal artesão de nossa independência, um ilustre emancipador da raça negra, ele é o iluminador das trevas, o pensador do impossível, o fundador da nação haitiana que queria ser grande e próspera’, disse o chefe de governo.

rgh/ane/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.