6 de December de 2021

NOTICIAS

ONG israelense denuncia estratégia colonização judaica na Cisjordânia

ONG israelense denuncia estratégia colonização judaica na Cisjordânia

Tel Aviv, 20 set (Prensa Latina) O primeiro-ministro israelense Naftalí Bennett continua a estratégia de colonização intensiva de seu antecessor, Benjamin Netanyahu, na Cisjordânia e em Jerusalém Oriental, denunciou hoje a ONG Paz Agora.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Fundada por ex-militares israelenses, a organização não governamental alertou em seu site sobre o início há várias semanas da construção da passagem subterrânea Qalandia, que permitirá uma viagem mais rápida entre várias colônias judaicas localizadas na margem ocidental e este país. A experiência anterior mostra que pavimentar essa estrada torna os assentamentos muito mais atraentes para os israelenses e leva a um crescimento rápido, alertou o PAZ AGORA.

Nesse sentido, ele enfatizou que a passagem subterrânea de Qalandia é uma das estradas mais importantes na revolução de estradas iniciada pelo governo de Netanyahu para ‘dobrar o número de colonos para um milhão’.

Gostaríamos de lembrar ao Ministro dos Transportes, Merav Michaeli, que essas obras são a chave para o desenvolvimento dos assentamentos e seu sustento, sem elas não podem se desenvolver, frisou a organização.

A ONG condenou no mês passado os planos expansionistas de Tel Aviv em Jerusalém Oriental, uma área reivindicada pelos palestinos como a capital de seu futuro estado.

O grupo rejeitou a proposta de construção de 9.000 casas no antigo aeroporto de Atarot, localizado entre as cidades palestinas de Kfar Aqab, Qalandia e Al Ram.

De acordo com dados oficiais palestinos, aquele país construiu mais de 31 mil casas nas 144 colônias localizadas na Cisjordânia e em Jerusalém Oriental desde 2004 e construiu outros 139 postos avançados para futuros assentamentos.

Enquanto isso, o número de colonos cresceu de 415.000 há 17 anos para 660.000 em 2019, apesar da rejeição da comunidade internacional e das resoluções do Conselho de Segurança da ONU.

jcm / rob / ls

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.