7 de December de 2021

NOTICIAS

Espanha lamenta a morte de Mario Camus, mestre do cinema

Espanha lamenta a morte de Mario Camus, mestre do cinema

Madri, 18 set (Prensa Latina) Dois filmes, La Colmena (A Colméia) e Los Santos Inocentes (Os Santos Inocentes), identificam o perfil do cineasta espanhol Mario Camus, que morreu hoje aos 86 anos de idade.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Censurado pelo regime de Franco e finalmente transmitido com passagens omitidas, A Colmeia (1982) foi inspirado no romance homônimo de Camilo José Cela, que por acaso concordou com um pequeno papel no longa-metragem de Camus.

Um drama com tons cômicos, reuniu um elenco que incluía nada menos que Ana Belén, José Sacristán e Victoria Abril, e lhe rendeu o Urso de Ouro no Festival de Berlim de 1983.

Um daqueles filmes que marcam épocas, em uma época em que talvez o mundo conhecesse pouco do trabalho da ditadura de Franco, e a linguagem do filme se esforçava para afirmar a imagem e a palavra.

O diretor Iciar Bollaín, que estreou seu filme Maixabel hoje em San Sebastian, teve palavras de reconhecimento para Camus. Ele teve uma enorme influência sobre o cinema de toda uma época em que não era fácil fazer filmes como aquele que ele fazia, disse ela.

Dois anos mais tarde, em 1984, lançou Los Santos Inocentes, que recebeu uma Menção Especial do Júri no Festival de Cannes. Em 1985, ele recebeu o Prêmio Nacional de Cinematografia e em 2011 a Academia de Cinema lhe concedeu o Goya de Honra.

Também em Cannes, Alfredo Landa e Paco Rabal receberam ex aequo o Prêmio de Desempenho Masculino por Los Santos Inocentes.

Considerado uma das figuras do chamado Novo Cinema Espanhol, junto com Carlos Saura, Basilio Martín Patino, Miguel Picazo e José Luis Borau, ele adaptou autores notáveis como Benito Pérez Galdós para o celuloide e escreveu numerosas séries para a televisão.

Em 1994 ele também ganhou o Goya de Melhor Argumento Original para Sombra en una batalla.

Camus, um cineasta e roteirista cantábrico, morreu no sábado em seu Santander natal e sua família anunciou que nenhuma cerimônia fúnebre seria realizada.

mem/ft/vmc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.