7 de December de 2021

NOTICIAS

Cuba terá seu próprio espaço no site chinês de comércio eletrônico

Cuba terá seu próprio espaço no site chinês de comércio eletrônico

Beijing, 17 set (Prensa Latina) Cuba terá seu próprio pavilhão para oferecer seu catálogo de bens e serviços exportáveis, dentro da plataforma de comércio eletrônico JD.com, consolidada como uma das mais importantes da China, informaram hoje fontes diplomáticas.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

De acordo com a embaixada da ilha aqui, a constituição deste espaço já foi aprovada e o lançamento oficial será durante a quarta edição da Feira Internacional de Importação da China, a ser realizada próximo novembro em Xangai.

‘A criação deste Pavilhão faz parte da estratégia seguida por nosso país para expandir e diversificar as exportações cubanas para o mercado chinês e se envolver cada vez mais no comércio eletrônico transfronteiriço’, disse a sede diplomática.

Acrescentou que a oferta incluirá produtos naturais, runs, café, lagosta, conservas e artesanato, assim como serviços turísticos e culturais para atrair visitantes do estado asiático.

JD.com é um dos gigantes do comércio eletrônico da China, junto com Alibaba.com, Taobao e Sunning, entre outros.

A embaixada lembrou que o portal ocupa a 102ª posição na lista Fortune 500 das maiores empresas do mundo, reúne mais de 20.000 marcas de uma centena de países e tem mais de 400 milhões de clientes ativos.

mem/ymr/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.