29 de November de 2021

NOTICIAS

Custos trabalhistas caem na zona do euro

Custos trabalhistas caem na zona do euro

Bruxelas, 15 de set (Prensa Latina) O Escritório Europeu de Estatística (Eurostat) informou hoje que os custos trabalhistas na zona do euro registraram queda de 0,1 por cento no segundo trimestre deste ano.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Esses dados são comparados com o aumento de 1,3% registrado no trimestre anterior.

A redução nesse período deve-se ao efeito comparativo com o segundo trimestre de 2020.

Naquela época, que coincidiu com o estágio mais difícil da Covid-19 de acordo com seus cálculos, os governos europeus ativaram diversos mecanismos de proteção ao emprego que, estatisticamente, tiveram um efeito ascendente sobre os custos trabalhistas.

O Eurostat acrescentou que na União Européia (UE) como um todo, os valores aumentaram 0,6% no segundo trimestre, uma desaceleração de 3,5 pontos em relação ao aumento de 4,1% de um ano atrás.

O componente salarial do trabalho por hora na zona do euro contraiu 0,4 por cento de abril a junho, após crescer 2,1 por cento de janeiro a março.

Por outro lado, a componente não salarial cresceu 0,8 por cento, após diminuir 1,1 por cento no trimestre anterior.

Entre os 27, os salários por hora aumentaram 0,2 por cento, em comparação com o aumento anterior de 2,4 por cento.

Os itens não salariais cresceram 2% no segundo trimestre, após cair 1% de janeiro a março.

jcm / rfc / fav/gdc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.