28 de November de 2021

NOTICIAS

China com cifra alta de casos de Covid-19

China com cifra alta de casos de Covid-19

Beijing, 14 set (Prensa Latina) A China notificou hoje 92 casos de Covid-19 e a maioria (59) são autóctones que derivam do surto da variante delta do coronavírus SARS-CoV-2, em vigor na província oriental de Fujian.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A Comissão Nacional de Saúde detalhou que infecções locais foram confirmadas nas cidades de Xiamen, Quangzhou e Putian daquela demarcação.

Todas recorrem ao confinamento, PRCs massivos, encerramento de aulas presenciais e restrições à mobilidade, em um esforço para interromper a transmissão do vírus.

Porém, a última cidade apresenta o cenário mais complicado e as fontes de infecção são uma escola primária e uma fábrica de calçados. Embora inicialmente houvesse a suspeita de que o primeiro paciente era um homem de Cingapura, vários cientistas rejeitaram a ideia porque ele testou positivo 38 dias após retornar e após completar a quarentena.

As autoridades insistem em aumentar a vacinação de jovens de 18 anos, já que a nova onda afeta muitos menores sem imunização contra Covid-19.

Além de infecções autóctones, a China contabilizou nesta terça-feira 33 importados e 40 assintomáticos em diferentes partes de seu território.

Com estes números, o país asiático acumula pelo menos 5.688 mortes e 123.642 casos em sua parte continental, Hong Kong, Macau e Taiwan, desde o surgimento da doença e do vírus que a causa, em dezembro de 2019.

Embora o surto em Fujian mantenha as autoridades em alerta e continue a se expandir, espera-se que esteja totalmente sob controle no início de outubro.

npg/ymr/cm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.