30 de November de 2021

NOTICIAS

Reino Unido visa a zero emissões no transporte marítimo até 2050

Reino Unido visa a zero emissões no transporte marítimo até 2050

Londres, 13 set (Prensa Latina) O Reino Unido, que sediará a cúpula da COP26 sobre mudanças climáticas em novembro, exortou hoje o setor marítimo internacional a atingir a neutralidade de carbono até 2050.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A meta ambiciosa foi anunciada segunda-feira pelo Ministro dos Transportes britânico Grant Shapps antes da abertura da Semana Marítima Internacional aqui em Londres, onde serão discutidas iniciativas para tornar o setor, atualmente responsável por 3% das emissões poluentes, mais amigável ao meio ambiente.

Embora a promessa deva ser aprovada por todos os membros da Organização Marítima Internacional, Londres acredita ser possível que até 2025 os navios estejam navegando totalmente livres de poluição ambiental.

Como país marítimo que somos e como anfitrião da COP26 deste ano, estamos orgulhosos de estar na vanguarda de uma era mais verde para o setor marítimo e de traçar o rumo internacional para um futuro mais limpo para a navegação, disse Shapps.

Embora o ministro dos transportes não tenha dado detalhes dos planos do governo para alcançar o ambicioso objetivo, The Times informou que os primeiros navios movidos a energia elétrica, eólica ou hidrogênio estão sendo construídos nos estaleiros de Belfast e estariam prontos em 2025.

Como parte da chamada Revolução Industrial Verde anunciada pelo Primeiro Ministro Boris Johnson em novembro passado, o Reino Unido se comprometeu a reduzir a zero suas emissões líquidas de gases de efeito estufa até 2050.

Na semana passada, a organização ambientalista Greenpeace acusou o governo britânico de mentir ao público sobre seus compromissos para combater a mudança climática.

De acordo com o grupo ambientalista, o Reino Unido cedeu à pressão da Austrália e retirou qualquer referência às metas do Acordo de Paris para reduzir as temperaturas globais do acordo de livre comércio pós-Brexit que estava sendo negociado entre Londres e Camberra.

O movimento ambientalista Rebelião da Extinção, que recentemente encenou duas semanas de protestos de rua em Londres exigindo ações urgentes para conter a mudança climática, acredita que a meta de 2050 de zero emissões líquidas está muito distante.

jcm/nm/vmc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.