6 de December de 2021

NOTICIAS

África do Sul diminui nível de alerta para Covid-19

África do Sul diminui nível de alerta para Covid-19

Pretória, 13 set (Prensa Latina) A África do Sul está sob medidas sócio-sanitárias contra a Covid-19 contemplada em nível de alerta dois, um pouco mais relaxada do que a mantida até agora.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Conforme anunciado na véspera pelo presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa, as restrições em vigor a partir de agora – por pelo menos 15 dias – foram previamente analisadas no Conselho do Comando Nacional do Coronavirus, primeiros-ministros, prefeitos, organizações religiosas, líderes tradicionais e partidos políticos representados no Parlamento.

Em uma apresentação televisionada, Ramaphosa argumentou que o relaxamento de algumas medidas se deve à diminuição do número de novas infecções pelo coronavírus SARS-CoV-2 em todas as províncias, e seguindo as recomendações do Comitê Consultivo Ministerial sobre Covid-19.

No novo nível de alerta, explicou, o toque de recolher começará às 23h00 locais, e terminará às 04h00 do dia seguinte.

Da mesma forma, disse ele, todas as reuniões serão limitadas a um máximo de 250 pessoas se forem realizadas em ambientes fechados e 500 pessoas quando forem realizadas ao ar livre.

Quando o local é muito pequeno para acomodar esses números com adequado distanciamento social, disse ele, não mais do que 50 por cento da capacidade das instalações podem ser usados.

Isso inclui serviços religiosos, eventos políticos e reuniões sociais, bem como a participação em restaurantes, bares, tabernas e locais semelhantes.

No entanto, disse ele, os funerais permanecem restritos a não mais que 50 pessoas e, como antes, as vigílias noturnas não são permitidas, nem as reuniões pós-funeral conhecidas como ‘depois das lágrimas’.

Ao mesmo tempo, a venda de bebidas alcoólicas para tirar será permitida entre as 10h00 e as 18h00 locais, mas apenas nos dias de semana. No entanto, enfatizou, seu consumo continua proibido em espaços públicos.

Ainda no âmbito das medidas correspondentes ao nível de alerta dois, em cinco possíveis, continua a ser obrigatório que todas as pessoas utilizem máscara quando se encontrarem em espaços públicos.

Por fim, o presidente sul-africano garantiu que, como tem acontecido até agora, essas medidas serão revistas em duas semanas dependendo do estado da pandemia, que neste momento sugere que a terceira onda está acabando.

jcm / mv / ls

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.