6 de December de 2021

NOTICIAS

Argentinos nas urnas para eleger candidatos para a legislatura

Argentinos nas urnas para eleger candidatos para a legislatura

Buenos Aires, 12 set (Prensa Latina) Mais de 34 milhões de argentinos vão às urnas hoje para escolher os candidatos que aspiram a uma vaga no Congresso Nacional em novembro, nas primeiras eleições em tempos de Covid-19.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A Primária, Aberta, Simultânea e Obrigatória (PASO) definirá neste domingo quem serão os candidatos para substituir 127 deputados nacionais e 24 senadores que estarão no Poder Legislativo pelos próximos quatro anos.

Um grande destacamento de segurança com mais de 90 mil militares foi ordenado desde a véspera pelas autoridades dos principais pontos do país para controlar o desenvolvimento normal dessas eleições, cujo pico central se concentra na província de Buenos Aires, aquela com o maior número de eleitores.

Essas eleições serão muito diferentes das tradicionais. De agosto a setembro em busca de garantir que um maior número de argentinos fossem vacinados contra a Covid-19. Além disso, haverá muito mais lugares para exercer o sufrágio e protocolos de saúde importantes a serem cumpridos, visto que os idosos terão prioridade.

Em meio a uma convulsão Argentina, o ministro do Interior, Eduardo Wado de Pedro, na última sexta-feira, enviou uma mensagem de tranquilidade à população ao ressaltar que votar não é uma atividade arriscada.

O responsável explicou que estas eleições foram datadas para permitir a aplicação de mais de 12 milhões de doses de vacinas, ‘a medida de segurança sanitária mais importante para esta eleição’, disse.

Vários são os partidos representados nestas eleições, cujos resultados mostrarão uma radiografia das alianças que irão com maior peso para os generais de 14 de novembro.

Os olhos estão concentrados nos quatro bairros de maior peso eleitoral: Buenos Aires, Córdoba, Santa Fé e a capital, esta última com mais de dois milhões e meio de portenhos que serão escolhidos neste domingo entre 17 listas partidárias.

Na capital, os candidatos buscarão os votos necessários para concorrer nas 13 cadeiras gerais da Câmara dos Deputados que são renovadas neste ano e 30 cadeiras na Legislatura de Buenos Aires.

A economia, a saúde e a dívida com o Fundo Monetário Internacional marcaram estas eleições, onde a queda de braço política revelou visões muito díspares e outras diametralmente opostas.

Com um ritmo mais lento devido ao contexto sanitário, as autoridades eleitorais anunciaram que os resultados começarão a sair por volta das 23 horas locais e serão atualizados a cada cinco minutos.

O Governo lançou um novo aplicativo para dispositivos móveis Eleições Argentinas 2021, a partir do qual a contagem de votos pode ser acompanhada.

ale / may / ls/gdc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.