28 de January de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Guernica de portas abertas em Madrid, 40 anos depois

Guernica de portas abertas em Madrid, 40 anos depois

Madri, 10 set (Prensa Latina) Pablo Picasso imaginou seu Guernika voltando à Espanha com um país democrático, e hoje seu sonho de quatro décadas atrás tem o prêmio de tornar sua pintura mais acessível.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Pelo menos nesta sexta-feira, madrilenos, estrangeiros e turistas tiveram a oportunidade de visitar o museu Reina Sofia, aberto gratuitamente para contemplar a obra-prima de Picasso.

Sem fotos, sim, com um controle estrito dos seguranças e alguns outros ‘sem noção intencional’, ansiosos por ter a memória de uma pintura que consolidou o cubismo na marca de Málaga.

Um dia muito especial porque, como há meses atrás, volta a trazer à tona a velha disputa de outro clássico dos museus do mundo, El Prado, em sua eterna luta com a Rainha Sofia pela posse de obras de renome.

Além disso, detalhes revelados em um belo depoimento sobre o vôo de 10 de setembro de 1981 que trouxe de volta à Espanha a pintura a óleo pintada na oficina de Picasso em Paris, em 1937, horrorizada com os atentados nazifascistas.

Pouco depois de pousar em Madrid, o comandante Juan López Durán, do Iberia Jumbo 747 (IB-952), divulgou a notícia histórica.

‘Senhoras e senhores, informo que hoje vocês viajaram com um companheiro muito especial: Guernica, que hoje voltou à Espanha e também estava no avião’, disse o piloto, que com suas palavras desencadeou um mar de emoções , alegria e ovações.

Foi o que recordaram as então comissárias Isabel Almazán e uma das suas acompanhantes desse voo, Beatriz Ganuza, ambas então com 38 anos.

O Guernica ficou em exibição por 44 anos no Museu de Arte Moderna de Nova York (MoMA), esperando que a Espanha cumprisse as condições que Picasso impôs para seu retorno: as liberdades públicas.

O ditador Francisco Franco havia morrido há seis anos, mas em meio à relutância da família Picasso e à burocracia deliberada do MoMA, só em 1981 a transferência foi realizada.

Era segredo e poucos sabiam, lembram as duas comissárias, que também ficaram surpresas com o anúncio do comandante.

‘Quando a porta (do avião) foi aberta, foi um acontecimento ver tanta gente e perceber a magnitude do evento’, comentou Isabel Almazán.

Ambas, agora aposentadas, tiveram o prazer ontem de tirar uma foto, em segundo plano, com o Guernica original, aquele que de alguma forma mudou suas vidas, quando parte da história foi conhecida.

A homenagem do pintor extraordinário mantém sua validade e é um símbolo de anti-guerra no mundo.

Picasso então prestou homenagem a uma pequena cidade do País Basco, Gernika, em euskera, bombardeada por tropas alemãs e italianas e com a conivência do regime de Franco.

mgt / ft / hb

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.