2 de December de 2021

NOTICIAS

Índia destacou o papel do Brics como voz para as economias emergentes

Índia destacou o papel do Brics como voz para as economias emergentes

Nova Deli, 9 set (Prensa Latina) O primeiro-ministro indiano Narendra Modi enfatizou hoje que os membros do grupo Brics são uma voz influente para as economias emergentes e servem para concentrar a atenção das nações em desenvolvimento.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Modi na quinta-feira presidiu a 13ª cúpula virtual anual do grupo Brics, um acrônimo para o grupo que compreende Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

Essas nações representam 42% da população mundial, 23% do Produto Interno Bruto global e 16% do comércio mundial, e cobrem uma área de cerca de 27% da superfície terrestre.

Modi apreciou a cooperação de todos os membros da Brics durante sua presidência transitória da organização.

Enfatizou que o agrupamento é uma voz influente para as economias emergentes do mundo e também serve para focalizar a atenção nas prioridades das nações em desenvolvimento.

Também destacou a criação pelos Brics de instituições fortes como o Novo Banco de Desenvolvimento, o Arranjo de Reserva de Contingência e a Plataforma de Cooperação em Pesquisa Energética.

Este ano, apesar dos desafios colocados pela Covid-19, além de reforçar a cooperação em áreas tradicionais, a agenda foi ampliada com a realização da primeira cúpula digital do grupo, que foi um passo inovador para aumentar o acesso à saúde com a ajuda da tecnologia.

Em novembro, os ministros da água se reunirão pela primeira vez sob o formato Brics, disse Modi.

Também observou a adoção do Plano de Ação contra o Terrorismo e o acordo de cooperação em constelação de satélites de sensoriamento remoto entre agências espaciais, entre outras iniciativas.

Destacou a cooperação entre os departamentos aduaneiros, o que facilitará o comércio entre os países-membros do agrupamento.

Observou o consenso sobre o estabelecimento de um Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Vacinas e a Aliança sobre turismo verde.

Afirmando que esta é a primeira vez que o Brics toma uma posição coletiva sobre o fortalecimento e a reforma dos sistemas multilaterais, Modi instou a garantir que o agrupamento se torne mais produtivo nos próximos 15 anos.

Durante a cúpula, o presidente russo Vladimir Putin chamou a atenção para a situação no Afeganistão e o impacto internacional que o alastramento do conflito interno naquele país além de suas fronteiras poderia ter.

Observou que a saída dos Estados Unidos e seus aliados da nação da Ásia Central levou a uma nova crise e ainda se desconhece como ela afetará a segurança regional e global.

O Presidente chinês Xi Jinping disse em seu discurso que nos últimos 15 anos, as cinco nações Brics melhoraram a comunicação estratégica, a confiança política e respeitaram o sistema social umas das outras.

O presidente sul-africano Cyril Ramaphosa pediu acesso igualitário a vacinas, diagnósticos e terapias para a Covid-19 e enfatizou que a resposta coletiva das nações Brics à pandemia mostrou o que pode ser alcançado quando se trabalha em conjunto.

mgt/abm/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.