6 de December de 2021

NOTICIAS

Poluição ambiental em debate no Dia Internacional do Ar Limpo

Poluição ambiental em debate no Dia Internacional do Ar Limpo

Washington, 7 set (Prensa Latina) Os avanços e desafios globais na luta contra a poluição na América Latina e no Caribe terão hoje um evento virtual para comemorar o Dia Internacional do Ar Limpo para um céu azul.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Organizado pelo escritório regional do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) e pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), os principais achados do relatório regional Ações para melhorar a qualidade do ar serão apresentados no encontro.

Esse estudo contribuiu para um relatório global de mesmo nome que será apresentado neste dia na sede global do PNUMA em Nairóbi, Quênia.

Além disso, diversos especialistas abordarão temas como ações para melhorar a qualidade do ar e os desafios das mudanças climáticas e da saúde.

No encontro regional, que será transmitido por meio do link do PNUMA na web, as duas organizações farão um apelo ao fortalecimento da cooperação técnica entre os países e especialistas do continente, além de promover o intercâmbio de experiências e boas práticas para avançar rumo a uma melhor qualidade do ar na América Latina e no Caribe.

A Assembleia Geral das Nações Unidas designou o dia 7 de setembro como o Dia Internacional do Ar Limpo para um céu azul, a fim de aumentar a conscientização e mobilizar a ação global para combater a poluição ambiental.

O tema neste 2021 é: Ar Saudável, Planeta Saudável para enfatizar a correlação entre a saúde humana e planetária, o que é particularmente relevante no contexto da pandemia de Covid-19.

Segundo dados das Nações Unidas, a poluição do ar é um problema global com impactos de longo alcance devido ao seu caráter transfronteiriço, ao mesmo tempo que constitui um dos maiores riscos ambientais para a saúde humana.

Essa condição causa cerca de sete milhões de mortes prematuras a cada ano, das quais cerca de 600 mil são crianças.

Além disso, 92 por cento da população mundial está exposta ao ar com níveis perigosos de poluição e nove em cada 10 pessoas respiram em ambientes sujos.

Perante esta situação, o Secretário-Geral das Nações Unidas, António Guterres, apelou a todos os países para que destinem mais esforços para melhorar a qualidade do ar e controlar as fontes de poluição atmosférica.

Definir padrões de emissão mais rígidos para veículos, usinas de energia, construção e indústrias pode reduzir a poluição, observou.

Ele ressaltou que é necessário investir em energias renováveis ​​em vez de combustíveis fósseis, eliminar o uso de carvão e usar veículos com emissão zero.

‘Se tomarmos essas medidas, podemos salvar até 150 milhões de vidas neste século e ajudar a limpar nossa atmosfera. Portanto, vamos trabalhar juntos hoje, e todos os dias que virão, para limpar o ar que respiramos para que possamos proteger tanto as pessoas quanto, ao planeta’.

cdg / hb

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.