3 de December de 2021

NOTICIAS

Veteranos britânicos cometeram suicídio após retirada do Afeganistão

Veteranos britânicos cometeram suicídio após retirada do Afeganistão

Londres, 6 set (Prensa Latina) O ministro das Forças Armadas do Reino Unido, James Heappey, disse hoje que alguns veteranos britânicos se suicidaram após a retirada de tropas internacionais do Afeganistão, embora posteriormente tenha alegado que os dados podem ser imprecisos.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Infelizmente, alguns soldados que serviram no Afeganistão, incluindo um que estava comigo em minha última missão, tiraram suas próprias vidas na semana passada por lamentarem o que aconteceu, disse o ex-oficial do Exército britânico e agora um membro do Parlamento Britânico à Sky News.

De acordo com Heappey, a comunidade de veteranos está ferida com a decisão do governo de deixar o país do sul da Ásia com as tropas da coalizão liderada pelos Estados Unidos.

Mas em declarações subsequentes à BBC, o próprio oficial retificou e garantiu que seus comentários anteriores sobre o suicídio dos soldados eram imprecisos e que o Ministério da Defesa estava investigando sua veracidade.

O último soldado britânico deixou o Afeganistão no final de agosto, como parte do acordo de retirada alcançado pelo então presidente dos Estados Unidos Donald Trump em março de 2020 com o grupo rebelde do Taleban, que reassumiu o poder duas semanas antes da data acordada.

Durante a ocupação de 20 anos do Afeganistão por tropas estrangeiras em nome da luta contra o terrorismo lançada por Washington na esteira dos ataques de 11 de setembro de 2001, o Reino Unido perdeu 457 soldados naquele país do sul da Ásia.

No total, mais de 3.500 soldados da coalizão internacional, a maioria deles estadunidenses, morreram em solo afegão.

mem / nm / ls/gdc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.