29 de November de 2021

NOTICIAS

Rússia exige libertação do presidente guineense após golpe de Estado

Rússia exige libertação do presidente guineense após golpe de Estado

Moscou, 6 set (Prensa Latina) O Ministério das Relações Exteriores russo expressou hoje sua rejeição a qualquer tentativa inconstitucional de mudança de poder na Guiné, exigiu a libertação do presidente, Alpha Condé, e que sua imunidade fosse garantida.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

‘Exortamos todas as forças políticas a se absterem de ações que possam provocar mais violência e a trabalharem para uma solução pacífica da situação através de negociações’, disse a declaração do Ministério das Relações Exteriores local.

Advertiu que o governo russo está ‘profundamente preocupado’ com os eventos ocorridos na nação africana em 5 de setembro.

A embaixada da nação eurasiática em Conakry disse que nenhum dos cidadãos russos na Guiné havia sido ferido e que todas as medidas estavam sendo tomadas para garantir sua segurança, informou a agência de notícias TASS.

Moscou aconselhou seus cidadãos a evitar viajar para o país ‘até que a situação esteja completamente normalizada’.

Segundo a agência de notícias Prensa Latina, a deposição do presidente, Alpha Condé, por uma revolta militar, constitui um fato consumado com o apoio dos manifestantes que tomaram as ruas da capital guineense.

As Nações Unidas, a União Africana, a Comunidade Econômica dos Estados da África Ocidental e a União Europeia, por outro lado, criticaram a ação.

Após anunciar a dissolução das instituições estatais e a demissão de ministros e secretários-gerais, o governo de facto convocou-os para uma reunião obrigatória na segunda-feira no edifício do parlamento, sob pena de serem considerados em rebelião.

Até agora não houve relatos de resistência do exército ao motim, liderado pelo chefe das forças especiais, Tenente-Coronel Mamady Dumbuya, que em um discurso televisionado na véspera acusou o Presidente Condé e seus ministros de corrupção, entre outros crimes.

No mesmo discurso, o militar garantiu que o chefe de Estado está de boa saúde.

mem/mml/bm/gdc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.