30 de November de 2021

NOTICIAS

Prisioneiros palestinianos fogem da prisão de segurança israelense

Prisioneiros palestinianos fogem da prisão de segurança israelense

Tel Aviv, 6 set(Prensa Latina) Seis prisioneiros palestinos escaparam hoje da prisão de segurança máxima de Gilboa, no norte de Israel, o que desencadeou uma operação massiva para tentar capturá-los.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Um comunicado do Serviço de Prisões explicou que a fuga ocorreu à 1:30 hora local, quando os detentos abandonaram o centro penitenciário depois de cavar um túnel durante um mês com uma colher enferrujada para chegar ao sistema de drenagem da instalação.

O texto identificou os palestinos como Mondal Ainfaat, Mahmad Aardiya, Muhammed Aardiya, Yakub Kadari, Iham Kamagi, todos pertencentes à Jihad Islâmica, e Zakaria Zubeid, comandante das Brigadas dos Mártires de Al Aqsa, um grupo que Tel Aviv vincula à Fatah.

Os seis cumpriam penas perpétuas por participar ou planejar supostos ataques mortais contra este país.

Com o apoio de cães e apoio aéreo, a polícia, o Shin Bet (Agência de Segurança Interna), a Polícia de Fronteiras, soldados do exército e unidades especiais participam da perseguição em massa, informaram várias televisões nacionais.

Um comunicado das Forças de Defesa de Israel anunciou que as tropas destacadas na Cisjordânia estão em alerta máximo e começaram a colocar mais barreiras na região.

O primeiro-ministro Naftali Bennett conversou sobre o assunto com o titular do Interior Omer Bar-Lev.

Entretanto, o Ministro da Defesa, Benny Gantz, encontra-se com o Chefe de Operações do Exército General Oded Basiuk e o Chefe do Comando Central, Yehuda Fuchs.

Depois de conhecido o fato, a Jihad Islâmica qualificou a fuga de heróica ao estimar que chocará o sistema de defesa israelense.

No mesmo sentido se pronunciou o porta-voz do Movimento de Resistência Islâmica (Hamas), Fawzi Barhoum, ao afirmar que a fuga é ‘uma grande vitória que demonstra a vontade e a determinação dos combatentes da resistência’.

O inimigo sionista nunca ganhará, não importa quanto poder possua, a luta pela liberdade contra o ocupante continua, afirmou Barhoum em alusão a Israel.

Segundo o jornal The Jerusalem Post, os restantes 80 presos em Gilboa serão transferidos para diferentes prisões do país.

mem/rob/glmv/gdc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.