2 de December de 2021

NOTICIAS

Junta do Mianmar concorda com pedido de cessar-fogo regional

Junta do Mianmar concorda com pedido de cessar-fogo regional

Naypido, 6 set (Prensa Latina) A junta governante de Mianmar concordou hoje com um apelo da Associação das Nações do Sudeste Asiático (Asean) para um cessar-fogo até o final do ano para garantir a distribuição de ajuda humanitária.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

De acordo com a agência de notícias Kyodo do Japão, o enviado do bloco regional, Erywan Yusof, fez a proposta em uma videoconferência com a ministra das Relações Exteriores Wunna Maung Lwin, e os militares a aceitaram.

Isto não é um cessar-fogo político. É um cessar-fogo para garantir a segurança dos trabalhadores humanitários em seu esforço de distribuir ajuda com segurança, disse Erywan.

Após o golpe de fevereiro, a entidade multinacional procurou acabar com a violência em Mianmar, onde milhares de pessoas foram mortas, e se engajar no diálogo entre os governantes militares e seus oponentes.

As nações da Asean e os parceiros de diálogo haviam prometido oito milhões de dólares (10,7 milhões de dólares de Cingapura) em ajuda a Mianmar, acrescentou Erywan.

Os militares tomaram o poder após alegarem irregularidades nas eleições ganhas em novembro passado pelo partido Liga Nacional para a Democracia, mas os monitores internacionais e a comissão eleitoral da época disseram que as acusações do exército estavam erradas.

Desde então, as manifestações nas cidades deixaram milhares de mortos e confrontos também entre o exército e as milícias étnicas em diferentes partes do país.

Organizações internacionais advertiram recentemente que grandes grupos de pessoas foram forçados a se deslocar, resultando em uma crise humanitária.

mem/lp/vmc/gdc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.