30 de November de 2021

NOTICIAS

Brasil e Argentina voltam a se enfrentar depois da Copa América

Brasil e Argentina voltam a se enfrentar depois da Copa América

Brasília, 5 set (Prensa Latina) Brasil e Argentina jogam hoje em São Paulo uma partida válida pela oitava rodada de classificação para a Copa do Mundo do Catar 2022, que também marcará mais um confronto entre Neymar e Lionel Messi.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A Verde e Amarela, que lidera a classificação sul-americana com 21 pontos, seis a mais que o segundo classificado (Argentina), acaba de vencer o Chile por 1 a 0 em Santiago, marca de vitórias consecutivas, mas agora muito questionada pela qualidade de seu jogo .

Diante das críticas, o técnico Adenor Leonardo Bachi (Tite) afirmou que ‘um jogo pode ser visto de maneiras diferentes e a construção de uma equipe tem etapas diferentes. Cada um faz o comentário, a parte que quer, a abordagem e os princípios’.

Para a partida deste domingo, Tite se comprometeu com mudanças no onze. Os mais prováveis ​​titulares são os meio-campistas Gerson e Everton Ribeiro, que entraram no segundo tempo na capital chilena e mudaram a forma de jogo do time.

‘Não posso fazer essa afirmação’, disse o treinador, que evitou dar como certa a presença dos dois no clássico.

Além da rivalidade histórica entre as duas equipes, o destaque vai para Neymar e Messi, que agora coincidem no PSG francês. No último jogo, em julho, os argentinos venceram os brasileiros (1 a 0) pelo título da Copa América, no lendário estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

Neymar registra 10 partidas contra a Argentina na carreira e soma cinco vitórias, dois empates e três derrotas. Um recorde de 56 por cento.

La Pulga tem 11 partidas contra o Brasil e sua marca na rivalidade são quatro vitórias, um empate e seis derrotas, apenas 39 por cento.

O brasileiro de 29 anos é o segundo maior artilheiro da história da Canarinha (68 gols). Com a camisa nacional conquistou dois títulos: a Copa das Confederações de 2013 e o ouro olímpico de 2016.

Messi, de 34 anos, conquistou a Copa América 2020, seu primeiro título com a Albiceleste. O gênio com a bola só teve o ouro olímpico em 2008. Porém, lidera os principais recordes da seleção: o artilheiro da história com 76 gols e mais jogos (150).

mem / ocs / hb

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.