7 de December de 2021

NOTICIAS

Terminou período para postular candidaturas nas eleições da Venezuela

Terminou período para postular candidaturas nas eleições da Venezuela

Caracas, 4 set (Prensa Latina) O Conselho Nacional Eleitoral Venezuelano (CNE) concluirá hoje a nomeação de candidatos para as eleições de 21 de novembro, no final de uma semana marcada pela incorporação de novos atores políticos ao processo.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Após a prorrogação adotada para admitir candidatos, as ações técnicas, logísticas e operacionais do cronograma eleitoral estão 64 por cento completas, anunciou o presidente da CNE Pedro Calzadilla.

Em declarações à mídia, ele anunciou que, de 9 a 11 de setembro, as organizações políticas com direito a participar das eleições continuarão a escolher sua posição na cédula eleitoral para o próximo evento democrático.

O presidente da CNE também destacou a reunião realizada nesta sexta-feira com o coordenador residente da ONU na Venezuela, Gianluca Rampolla, na qual eles trocaram opiniões sobre o possível trabalho conjunto a ser desenvolvido com vistas às eleições regionais e municipais.

Neste cenário e no calor do processo de diálogo desenvolvido no México, os partidos de oposição unidos na chamada Plataforma Unitária anunciaram sua disposição de participar nas próximas eleições.

A decisão anunciada pelo ex-secretário geral da Ação Democrática, Henry Ramos Allup, representa o abandono do caminho de abstenção tomado pelo setor mais radical da direita venezuelana nos últimos anos, como parte de sua estratégia de desestabilização.

Durante uma reunião com os candidatos do Grande Polo Patriótico, o Presidente Nicolas Maduro saudou a posição da Plataforma Unitária, que irá às urnas com o cartão da Mesa da Unidade Democrática (MUD).

Maduro considerou a decisão um resultado direto do processo de diálogo com as forças contrárias ao executivo em favor da paz e da estabilidade no país; ‘trouxemos toda a oposição venezuelana para a arena eleitoral’, disse ele.

O chefe de Estado também afirmou que ao registrar seus candidatos, a facção da oposição representada na chamada Plataforma Unida da Venezuela reconhecerá o Conselho Nacional Eleitoral e a Assembleia Nacional (Parlamento).

A Venezuela irá às urnas em 21 de novembro para eleger os 23 governadores e 335 prefeitos do país, bem como os membros dos conselhos legislativos regionais e dos conselhos municipais.

A renovação da CNE e a convocação de eleições fizeram parte dos acordos da mesa de diálogo nacional estabelecida em setembro de 2019 entre o governo bolivariano e vários partidos da oposição democrática.

msm/wup/vmc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.