16 de January de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Lava Jato é acusada de influenciar a posição brasileira sobre Lula

Lava Jato é acusada de influenciar a posição brasileira sobre Lula

Brasília, 2 set (Prensa Latina) A defesa de Luiz Inácio Lula da Silva acusou os promotores da operação Lava Jato de articular uma posição do governo de Jair Bolsonaro nas Nações Unidas sobre o ex-presidente brasileiro, foi confirmada hoje.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

De acordo com o jornalista Jamil Chade, colunista do portal de notícias UOL, a acusação apresentada no Supremo Tribunal Federal (STF) foi baseada em novos trechos de conversas e mensagens entre membros do grupo judicial desativado.

Tais parlamentos fazem parte do material apreendido na chamada Operação Spoofing (hackers que invadiram os telefones celulares das autoridades foram presos).

Em 2016, a defesa de Lula apresentou uma reclamação ao Comitê de Direitos Humanos da ONU, alegando violações contra o ex-governador e questionando a imparcialidade do então juiz Sérgio Moro. O caso ainda está pendente em Genebra.

A defesa do ex-líder trabalhista insiste que a Lava Jato, além de praticar violações graves e irreversíveis dos direitos humanos de Lula, também assumiu ‘a própria linha de manifestação do Estado brasileiro perante o Comitê de Direitos Humanos da ONU, com a aquiescência dos órgãos estatais envolvidos’.

É, acrescenta, ‘uma verdadeira captura do aparato estatal que também ocorreu em nível nacional para permitir a prática da advocacia (guerra legal) especialmente contra o requerente (Lula)’, argumenta ele.

De acordo com o pedido, nos diálogos dos procuradores entre 14 e 16 de janeiro de 2019, é ‘possível verificar que eles realizaram reuniões e encontros com órgãos estatais’.

Em um texto escrito pelo promotor Deltan Dallagnol, coordenador da Lava Jato, os advogados do ex-líder sindical indicam como ele orientou três colegas a lidar com o assunto.

De acordo com os advogados de defesa, os promotores da força agora extinta não só lideraram a posição do Estado brasileiro perante a ONU, mas também passaram a promover iniciativas políticas.

O jornal francês Le Monde revelou em abril passado que a Operação Lava-jato acabou sendo uma estratégia bem-sucedida dos EUA para minar a autonomia geopolítica do Brasil e proteger seus próprios interesses.

O que começou como a ‘maior operação anticorrupção do mundo’ degenerou no ‘maior escândalo judicial do planeta’, denunciou vários veículos de comunicação.

Em fevereiro passado, o Ministério Público Federal desmantelou Lava Jato após sete anos de trabalho e sua força-tarefa enfrenta acusações diferentes de ser seletiva e tendenciosa em suas investigações.

O Ministério Público indicou que suas indicações serão agora realizadas pelo Grupo de Ação contra o Crime Organizado (Grupo de Ação ao Combate ao Crime Organizado).

mgt/ocs/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.