25 de January de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Ida e a memória do Katrina nos Estados Unidos

Ida e a memória do Katrina nos Estados Unidos

Washington, 28 ago (Prensa Latina) Nas primeiras horas da manhã de segunda-feira, o furacão Ida fará sentir sua força em partes do estado da Louisiana e outras áreas adjacentes do sul dos Estados Unidos, segundo previsão do Centro Nacional de Furacões ( CNH).
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O fenômeno já será sentido na tarde de domingo como um lembrete de que esse dia marca o 16ú aniversário do impacto do Furacão Katrina no estado, que causou pelo menos duas mil mortes em decorrência do próprio ciclone ou das enchentes subsequentes.

A cidade de Nova Orleans foi a mais atingida e, no geral, o meteoro produziu uma das piores catástrofes do país.

Agora, Ida se aproxima do território continental dos Estados Unidos, e depois de passar por Cuba, onde causou danos consideráveis na Isla de la Juventud (sul) e na província de Pinar del Río (oeste), especialistas prevêem que chegará à categoria quatro na escala de Saffir-Simpson.

A chegada da tempestade lembra um relatório do Grupo Intergovernamental de Especialistas em Mudanças Climáticas (IPCC), que destacou que essa região pode ser palco de ‘fenômenos complexos’ com impactos desastrosos devido ao aquecimento global, e Ida faz parte dessa projeção.

Especialistas da agência espacial dos Estados Unidos (NASA) e da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA) já avisaram o que ida trará, que se mantiver seu ritmo lento aumentará os danos.

As mudanças climáticas tornam os furacões mais lentos e, portanto, mais devastadores.

Diante dessa perspectiva, o governador da Louisiana, John Bel Edwards, exortou seus compatriotas a se prepararem para um fenômeno de categoria quatro e a evacuarem para lugares seguros.

‘O que posso dizer é que o furacão Ida está se intensificando rapidamente e a situação está mudando, parece que a cada hora. Agora achamos que é muito provável que seja um furacão de categoria 4 quando atingir o continente. É assim que a tempestade está se desenvolvendo rapidamente. Agora é a hora de terminar os preparativos ‘, dizia a manchete.

O centro da tempestade pode atingir a Louisiana como um furacão no domingo, com ventos máximos de 177 quilômetros por hora e rajadas de até 209, de acordo com o modelo de rastreamento da CNH.

‘Espera-se que Ida seja um grande furacão extremamente perigoso quando atingir a costa da Louisiana’, disse o centro no Twitter na tarde de sexta-feira, e partes da Louisiana podem esperar ventos com força de furacão ‘potencialmente catastróficos’ no domingo.

Prevendo o pior, na tarde de sexta-feira, a prefeita de Nova Orleans, LaToya Cantrell, ordenou a evacuação de todos os residentes do sistema de diques da cidade até a manhã de sábado. As áreas sob essa ordem incluíam as áreas da cidade do Lago Catherine, das Ilhas Venetian e do Irish Bayou.

A proximidade do fenômeno também levou a transnacional petrolífera Exxon Mobil a evacuar seus funcionários de uma plataforma marítima no Golfo do México.

Ida se tornou a terceira tempestade com nome a se formar em rápida sucessão no Atlântico, trazendo tempestades, enchentes e ventos prejudiciais a diferentes partes dos Estados Unidos e do Caribe.

A tendência, segundo os cientistas, mostra a estreita ligação entre furacões e mudanças climáticas.

Um planeta em aquecimento pode ver furacões mais fortes ao longo do tempo e uma maior incidência de tempestades mais poderosas, com o aumento do nível do mar produzindo tempestades mais fortes e destrutivas, dizem os especialistas.

Segundo relatório climático divulgado pela ONU em agosto, os ciclones tropicais provavelmente se tornaram mais intensos nos últimos 40 anos, algo que Ida poderia demonstrar se emular a força brutal alcançada pelo Katrina há 16 anos, que então causou danos hoje equivalentes a 170 bilhões de dólares.

rgh / lb/ml/gdc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.