17 de January de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Israel assassinou quatro palestinos e feriu 764 em duas semanas

Israel assassinou quatro palestinos e feriu 764 em duas semanas

Ramallah, 14 ago (Prensa Latina) Israel matou 4 palestinos, incluindo uma criança, feriu 764 e demoliu 57 estruturas na Cisjordânia de 27 de julho a 9 de agosto, denunciou hoje uma fonte da ONU.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Em seu último relatório, o Escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários especificou que dois palestinos foram baleados durante esse período na cidade de Beita, no norte da margem oeste, e dois outros, incluindo uma criança menor de 11 anos, na cidade de Beit Ummar, no sul.

Até agora este ano, as forças de Tel Aviv mataram 50 residentes da Cisjordânia.

Segundo a instituição, tropas do país vizinho feriram 764 palestinos nesses 15 dias, a maioria deles enquanto reprimiam protestos contra a ocupação.

Durante essas passeatas, os manifestantes ‘atiraram pedras nos soldados, que responderam com munição real, balas de borracha e gás lacrimogêneo’, denunciou.

Nessas duas semanas, as forças israelenses realizaram 92 operações de busca e prisão e detiveram 115 pessoas na Cisjordânia, incluindo 11 menores, enfatizou.

Recentemente, o ministro palestino dos Assuntos de Jerusalém, Fadi al-Hadmi, denunciou que as tropas de ocupação demoliram no primeiro semestre pelo menos 62 estruturas na parte oriental da cidade, que a comunidade internacional considera a capital do futuro palestino Estado.

Segundo a lei israelense, se um judeu provar que sua família vivia em Jerusalém Oriental antes da criação do país em 1948, ele pode reivindicar a propriedade, mas o mesmo direito é negado aos árabes.

De acordo com dados oficiais palestinos, a nação vizinha construiu mais de 31.000 casas nas 144 colônias erguidas na Cisjordânia desde 2004 e construiu outros 139 postos avançados para futuros assentamentos.

Enquanto isso, o número de colonos cresceu de 415.000 17 anos atrás para 660.000 em 2019, apesar da rejeição mundial dessa política.

msm / rob ml

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.