27 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Enfrentamento das políticas de ajuste traça semana no Uruguai

Enfrentamento das políticas de ajuste traça semana no Uruguai

Montevidéu, 14 ago (Prensa Latina) A convocação da Frente Ampla do Uruguai para combater as políticas governamentais de ajustes neoliberais marcou uma semana que terminou hoje com reivindicações sindicais e reclamações de concessões a uma multinacional.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Em plenário nacional, a força de esquerda adotou uma declaração de 17 pontos em que atribuiu ao curso criticado do governo o agravamento da situação de saúde devido à pandemia de Covid-19, com um aumento de 40% na pobreza, desemprego e perda de vidas, renda familiar uruguaia. ‘Estamos também perante um novo capítulo na redução das nossas liberdades, do orçamento nacional para a atenção às emergências nas áreas da saúde, educação, habitação e assistência social’, sublinhou o comunicado.

Dias depois, o sindicato da Administração Nacional de Combustíveis e Portland (Anap) voltou a fazer uma greve de 24 horas, desta vez em protesto contra a decisão da empresa de denunciar acordos coletivos e fechar usinas.

O Portal da Central Sindical Pit-Cnt apontou que os ataques à organização sindical devem ser lidos como parte da ‘investida da direita neoliberal classista e autoritária’ contra aqueles que historicamente enfrentaram esse modelo e ‘foi o que aconteceu na ditadura, nos anos 1990 e em 2003 ‘. Além do desdobramento pela diretoria da Ancap do acordo de negociação com o sindicato de 1993 e 2012, o governo decidiu fechar duas fábricas e o serviço de um navio distribuidor que, para o sindicato, faz parte da estratégia de desmantelamento a entidade pública.

Em outro cenário de luta encadeada, o presidente do Pit-Cnt, Fernando Pereira, reafirmou hoje sua convicção de que 135 artigos da polêmica Lei de Urgência (LUC) serão revogados em referendo previsível.

‘Vem aí um ar de transformação e que essa lei será revogada e pode-se sentir, como em 1992, que sopram ventos de mudança’, alertou, lembrando que naquela data o público rejeitou um plano de privatização das empresas públicas do então Presidente da República, Luis Lacalle Herrera, pai do atual presidente, Luis Lacalle Pou.

Por outro lado, a bancada do Senado acusa o ex-ministro dos Transportes, Luis Alberto Heber, intimado à interpelação, de atuar com fraude e negligência na negociação que concedeu o monopólio do terminal de contêineres à empresa belga Katoen Natie por 50 anos.

O interpelante, senador Alejandro Sánchez, apresentou decisão de 2008 do Tribunal Administrativo de Contencioso (CTA) que rejeitou a exigência de exclusividade daquela multinacional e concorda com o Estado uruguaio, que é quem deve definir a política portuária do país em conjunto com o Administração Nacional de Portos.

msm / hr /ml

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.