25 de January de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Denunciam planos expansionistas israelenses em Jerusalém Oriental

Denunciam planos expansionistas israelenses em Jerusalém Oriental

Tel Aviv, 9 de ago (Prensa Latina) Duas organizações israelenses defensoras dos direitos dos palestinos denunciaram hoje os novos planos expansionistas do Governo de Tel Aviv na Cisjordânia e Jerusalém Oriental.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O grupo Paz rejeitou a proposta de construção de nove mil habitações no antigo aeroporto de Atarot, em Jerusalém Oriental, numa zona situada entre as localidades palestinianas de Kfar Aqab, Qalândia e Ram.

Se for aprovado e construído, será a primeira colônia nessa área da cidade desde 1997, quando o então governo de Benjamín Netanayhu levantou o assentamento de Har Homa, denunciou a Organização não Governamental (ONG) em sua página web.

Este é um plano muito perigoso porque daria um golpe mortal à solução de dois estados já que está projetado no coração da continuidade territorial urbana palestina, enfatizou.

Paz Agora destacou que a iniciativa impede a criação de um futuro Estado palestino com essa parte da cidade como sua capital. As autoridades israelenses impulsionam ainda outros projetos: a ampliação de Har Homa, a construção de outro novo bairro em Givat Hamatos e um terceiro perto da colônia de Maale Adumim, todos no interior ou perto dessa cidade.

Qualquer destes planos, ‘para não falar de seu efeito combinado, fragmentará a integridade da Jerusalém palestina e se somará aos obstáculos existentes para uma capital palestina na cidade, diminuindo assim as perspectivas de uma futura solução de dois estados’A ONG Ir Amim concordou.

O executivo da coalizão israelense está dividido sobre a ampliação e construção de novos assentamentos em zonas palestinas.

Enquanto Yamina, a formação do ultra-nacionalista primeiro-ministro Naftalí Bennett, e Nova Esperança apoiam essa estratégia, a formação islamista Raam e a esquerdista Meretz rejeitam totalmente essa possibilidade.

Segundo dados oficiais palestinos, Israel construiu mais de 31 mil habitações nas 144 colônias localizadas na Cisjordânia e Jerusalém Oriental desde 2004 e levantou mais 139 postos de avançada para futuros assentamentos.

Enquanto isso, o número de colonos cresceu de 415 mil há 17 anos para 660 mil em 2019, apesar da rejeição da comunidade internacional e das resoluções do Conselho de Segurança da ONU.

mem/rob/glmv

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.