17 de January de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Fronteiras da Rússia e Belarus com a Ucrânia são um barril de pólvora

Fronteiras da Rússia e Belarus com a Ucrânia são um barril de pólvora

Moscou, (Prensa Latina) As fronteiras da Rússia e de Belarus com a vizinha Ucrânia são agora um barril de pólvora que poderia provocar um confronto militar em qualquer uma das frentes por causa da presença próxima da OTAN.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Nesta semana, o Chefe de Estado-Maior das Forças Armadas de Belarus, Victor Gulevich, denunciou o aumento das unidades da Organização do Tratado do Atlântico Norte e as manobras militares perto de suas fronteiras.

O primeiro vice-ministro da defesa chamou a atenção para a intensidade do treinamento no território dos países vizinhos, bem como para o alto número de tropas e diversos sistemas de armamento envolvidos.

Ele observou que até agora, neste ano, o número de participantes nos exercícios Defence-Europe chegou a mais de 40.000 soldados de 24 países, e as regiões de exercícios estão localizadas principalmente no sudeste do país, em território ucraniano.

Gulévich destacou que, no mesmo período de tempo, o treinamento de combate também foi realizado nos territórios da Polônia e dos Estados bálticos com a participação de contingentes militares de 15 Estados e mais de 20.000 soldados.

Para Moscou, as maiores preocupações concentram-se no sudoeste, em suas fronteiras com o Donbass ucraniano, onde foram proclamadas as repúblicas populares de Donetsk e Lugansk, assim como a península da Crimeia e o Mar Negro, que se tornou o maior teatro de operações militares marítimas da região.

Na última quinta-feira, as Forças Navais Ucranianas anunciaram que os exercícios anti-minas Dive 2021 serão realizados em águas ucranianas, juntamente com as marinhas do Azerbaijão, Bulgária, Geórgia, Romênia e Estados Unidos, informou a agência de notícias TASS.

Anteriormente, de 12 a 24 de julho, Kiev recebeu os exercícios Cossack Mace 2021 no sul da Ucrânia, com a participação de unidades militares da Ucrânia, dos Estados Unidos, do Reino Unido, dos Estados Unidos, do Canadá e dos Estados Unidos.

Também de 28 de junho a 10 de julho, os exercícios Sea Breeze 2021 foram realizados no Mar Negro, com a participação de países da OTAN, cerca de 5.000 militares, 40 navios de guerra, barcos e embarcações auxiliares, 30 unidades de aviação e mais de 100 tanques e veículos blindados.

Em 5 de agosto, Yuri Pilipson, chefe do Quarto Departamento Europeu do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, reiterou à agência de notícias RIA que tais ações afetam a segurança da região.

‘É bastante óbvio que este tipo de treinamento provoca, não impede, situações de conflito’, disse ele. Ele sublinhou ainda que a escalada da tensão nas fronteiras acarreta um fardo de possível confronto.

msm/mml/vmc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.