20 de January de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Parlamento de Israel rejeita aplicação de lei do país na Palestina

Parlamento de Israel rejeita aplicação de lei do país na Palestina

Tel Aviv, 29 Jul (Prensa Latina) O Knesset (parlamento) rejeitou um projeto de lei que aplicaria a soberania israelense sobre as áreas ocupadas no território palestino da Cisjordânia, informou hoje a imprensa nacional.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Apresentada pelo deputado Mikki Zohar, do partido de direita Likud, a proposta foi derrotada por 50 votos a favor e 66 contra, detalhou o jornal The Time of Israel.

O governo criticou a iniciativa, embora entre os seus membros existam formações desta natureza ideológica.

O executivo é formado por uma aliança diversificada que inclui grupos de tendências diversas unidos por um denominador comum: sua rejeição ao até recentemente primeiro-ministro e atual líder da oposição, Benjamin Netanyahu.

Segundo o jornal, o apoio a tal projeto pode dinamitar a coalizão pela rejeição dos partidos pacifista Meretz e islâmico Raam, com seis e quatro cadeiras no Legislativo, respectivamente, à colonização judaica na Cisjordânia.

O sucessor de Netanyahu, Naftalí Bennett, tem o apoio de 61 dos 120 legisladores, então cada cadeira é a chave para a sobrevivência da aliança.

Pouco antes da votação, Zohar chamou Bennett, conhecido por suas posições de extrema direita de oportunista.

Há uma semana, o ministro do Interior, Ayelet Shaked, descartou qualquer congelamento na expansão e no desenvolvimento das colônias judaicas nos territórios palestinos ocupados, em claro desafio à comunidade internacional e à ONU.

Shaked é a segunda figura do partido de extrema direita Yamina, cujo líder e fundador é Bennett.

‘A construção na Judéia e Samaria (como os judeus chamam a Cisjordânia) continuará nos próximos anos’, advertiu o funcionário.

De acordo com dados oficiais palestinos, Israel construiu mais de 31.000 casas nas 144 colônias localizadas na Cisjordânia e em Jerusalém Oriental desde 2004 e construiu outros 139 postos avançados para futuros assentamentos.

Enquanto isso, o número de colonos cresceu de 415.000 há 17 anos para 660.000 em 2019, apesar da rejeição da comunidade internacional e das resoluções do Conselho de Segurança da ONU.

rgh/rob/jcfl

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.