1 de December de 2021

NOTICIAS

Fórum online de Angola sobre as lutas do povo cubano

Fórum online de Angola sobre as lutas do povo cubano

Luanda, 26 jul (Prensa Latina) As lutas do povo cubano para conquistar a independência nacional e consolidar seu projeto socialista diante das agressões externas, motivarão hoje um fórum online nesta capital.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Organizado pela embaixada de Cuba em Angola, o encontro virtual apreciará o significado histórico dos assaltos ao quartel de Moncada e Carlos Manuel de Céspedes, ocorridos em 26 de julho de 1953, como parte do confronto popular que tornou possível o triunfo da revolução em 1 de janeiro de 1959.

Em várias partes do mundo, o 68ú aniversário desse feito é lembrado esta segunda-feira através de várias atividades de solidariedade com a Ilha, cujo povo registrou a data como Dia da Rebelião Nacional.

No último fim de semana, houve atos comemorativos em diferentes províncias de Angola, com a participação de diplomatas e profissionais cubanos que atuam aqui nas áreas de saúde, educação, construção e outras esferas de cooperação bilateral.

Conforme Rafael Enrique Santaelena, um dos dirigentes da colaboração, destacou em Luanda, defender a Revolução Cubana como ‘um bastião do socialismo’ é ‘o maior serviço que podemos prestar à humanidade’.

Os colaboradores aqui presentes, afirmou, ‘fazem parte dessa continuidade histórica das lutas épicas iniciadas por nosso povo em 1868, e a Revolução Cubana é também fruto da resistência heroica por mais de 60 anos’ sob o assédio do bloqueio econômico, financeiro e comercial do governo dos Estados Unidos.

Por ocasião do aniversário de 26 de julho, o ministro angolano da Defesa Nacional e Veteranos da Pátria, João Ernesto dos Santos, enviou uma mensagem de felicitações a seu homólogo Álvaro López Miera, chefe do Ministério das Forças Armadas Revolucionárias de Cuba (Minfar).

Em sua carta, Dos Santos reconheceu o trabalho pró-ativo da nação caribenha diante da pandemia de Covid-19, incluindo a criação de suas próprias vacinas.

Ele também considerou que a Revolução Cubana e seus órgãos de segurança e defesa, em particular, têm sido um exemplo de constante superação, dada a imprevisibilidade e vulnerabilidade que prevalece na cena política internacional.

O texto, divulgado pela agência noticiosa angolana (Angop), reafirma ainda a vontade de reforçar e consolidar a cooperação com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, através da troca de experiências sobre os processos de formação e capacitação de militares na perspectiva do presente e de futuros desafios.

mem / mjm/ bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.