2 de July de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Chanceler do Haiti promete continuar investigações sobre magnicídio

Chanceler do Haiti promete continuar investigações sobre magnicídio

Porto Príncipe, 23 jul (Prensa Latina) O ex-primeiro-ministro e chanceler do Haiti, Claude Joseph, se comprometeu hoje a continuar as investigações sobre o assassinato do presidente Jovenel Moïse, no dia do funeral nacional.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O Chanceler destacou que as circunstâncias da morte lançam uma sombra escura sobre o país, mas o legado do falecido e o compromisso com a melhoria das condições de vida de todos os haitianos perdurarão.

‘Sua crença de que o Haiti será mais bem servido quando seu povo decidir quem os representa e quando fortes sistemas democráticos responsabilizarem os que estão no poder, continuará viva’, escreveu Joseph em sua conta oficial na mídia social.

O funeral nacional do presidente assassinado começou pouco depois das 10 horas locais, após a chegada de sua viúva, Martine Moïse, à residência da família Quartier-Morin, a cerca de nove quilômetros do centro de Cap Haitien, no extremo norte do país.

A ex-primeira-dama chegou vestida de preto, uma tipóia e um chapéu de aba larga, acompanhada por seus três filhos e um importante dispositivo de segurança.

Emocionada, ela cumprimentou o marido de 25 anos pela última vez e beijou a bandeira que cobre o caixão fechado, onde repousam os restos mortais do ex-governante.

Enquanto isso, muitos convidados gritavam para que fosse feita justiça e garantiam que Moïse era um dos poucos presidentes preocupados com os pobres e os camponeses.

Uma missa religiosa abriu os serviços fúnebres nesta sexta-feira, com mensagens para celebrar a vida do polêmico ex-chefe de Estado.

Moïse foi assassinado aos 53 anos na residência presidencial de Porto Príncipe, por um comando armado de 28 pessoas, que também feriu a primeira-dama Martine Ethienne.

Até o momento, as autoridades prenderam 26 pessoas, incluindo 18 colombianos, cinco estadunidenses de origem haitiana e dois policiais suspeitos de organizar o assassinato.

mgt / ane / hb

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.