29 de November de 2021

NOTICIAS

Alertam na Índia sobre relação entre Covid-19 e tuberculose

Alertam na Índia sobre relação entre Covid-19 e tuberculose

Nova Delhi, 18 jul (Prensa Latina) A Covid-19 pode tornar uma pessoa mais suscetível ao desenvolvimento da tuberculose, embora faltem evidências científicas para determinar essa relação, foi divulgada hoje nesta capital.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O Ministério da Saúde e Bem-Estar da Família da Índia afirmou que os relatos de um aumento repentino nos casos de tuberculose no país entre pacientes em recuperação de Covid-19 preocupam os médicos.

A dupla morbidade da tuberculose e da Covid-19 pode ser revelada pelo fato de ambas as doenças infecciosas atacarem principalmente os pulmões, com sintomas semelhantes de tosse, febre e falta de ar, disse o portal Scroll.

No entanto, a tuberculose tem um período de incubação mais longo e um início mais lento da doença, disse a carteira.

Ele acrescentou que os bacilos da tuberculose podem estar presentes em humanos em um estado dormente e têm potencial para começar a se multiplicar quando a imunidade do indivíduo é comprometida por qualquer motivo.

O mesmo é aplicável quando uma pessoa pode ter uma imunidade reduzida devido aos efeitos do coronavírus SARS-CoV-2, que causa o Covid-19, ou por tratamento médico, especialmente imunossupressores, como esteróides.

Devido às restrições causadas pela pandemia de Covid-19, as notificações de casos de tuberculose diminuíram 25% em 2020, mas esforços estão sendo feitos para mitigar esse impacto intensificando a busca de casos.

Estudos preliminares conduzidos na Índia encontraram uma prevalência de 0,37 a 4 por cento de tuberculose em pacientes com Covid-19, observou a fonte.

mem / abm / hb

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.