7 de December de 2021

NOTICIAS

Rei da Espanha pede para manter a memória viva

Rei da Espanha pede para manter a memória viva

Madri, 15 de jul (Prensa Latina) O Rei da Espanha, Felipe VI, pediu hoje para manter viva a memória enquanto reitera o respeito e a admiração pelos trabalhadores da saúde diante do novo coronavírus.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Em uma cerimônia solene no Patio de la Armería do Palácio Real, o soberano, acompanhado pela Rainha Letizia, destacou que a Espanha jamais esquecerá aqueles que enfrentaram o vírus.

O seu discurso no mesmo local onde há um ano atrás foi feita a primeira homenagem às vítimas de Covid-19 e a todos os seus heróis anónimos, foi acompanhado por um clima de tristeza e emoção para familiares ou amigos do falecido.

Felipe VI reconheceu que ‘não há palavras que consolem verdadeiramente a ausência de um ente querido’ e, sobretudo, reiterou a sua admiração pelos profissionais de saúde que abdicaram da coisa mais preciosa que um ser humano tem, a sua própria vida’.

Antes disso, quatro grandes cruzes da Ordem do Mérito Civil foram entregues às famílias de quatro trabalhadores da saúde falecidos: o cirurgião Joaquín Díaz Domínguez, o otorrinolaringologista Jesús Algaba, o auxiliar de enfermagem Pablo Riesgo e a ginecologista Nedialka Veleva.

Em um pequeno vídeo exibido no evento, foram destacadas as histórias de diferentes pessoas que enfrentaram a pandemia com dedicação e sacrifício e saíram vitoriosas em suas respectivas batalhas.

Andrés Iniesta, o ex-jogador de futebol chave no campeonato mundial conquistado pela Espanha em 2010, deixou uma frase no local repetida muitas vezes no país ibérico: Sua força é a esperança.

Aos 97 anos e em uma cadeira de rodas, Araceli Hidalgo disse algumas palavras simples ao grupo de 700 pessoas na cerimônia no Palácio Real. Foi a primeira pessoa a ser vacinada na Espanha e pediu aos jovens ‘que respeitem a pandemia’.

Com o impulso como tarefa prioritária, o Governo de Pedro Sánchez, presente na atividade, anunciou que na próxima semana mais de 50 por cento dos espanhóis já terão o calendário de vacinação completo.

A meta é que no mês de agosto a cifra ultrapasse 70% da população.

A Espanha registra um número global de positivos desde o início da pandemia de cerca de 4.040.090 pessoas, e o de mortes a 81.043.

rgh / ft / fav

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.