6 de December de 2021

NOTICIAS

Começa em setembro vacinação anti-covid-19 para crianças em Cuba

Começa em setembro vacinação anti-covid-19 para crianças em Cuba

Havana, 15 jul (Prensa Latina) Autoridades cubanas garantiram que o processo de vacinação da população pediátrica contra a Covid-19 no país caribenho começará em setembro deste ano, informou hoje a imprensa local.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

De fato, os ensaios clínicos já começaram neste segmento da população com idade entre 3 e 18 anos.

Soberana-Pediatria é o primeiro estudo autorizado na nação caribenha para crianças de 3 a 18 anos de idade.

Possui uma amostra de 350 bebês e adolescentes voluntários que receberão uma programação de vacinação heteróloga de 0-28 e 56 dias, com duas doses do candidato Soberana 02 e uma do Soberana Plus, ambas desenvolvidas pelo Finlay Vaccine Institute e que demonstraram 91,2% de eficácia.

Nesta segunda-feira, os primeiros 25 adolescentes incluídos na análise receberam sua segunda dose de Soberana 02.

A amostra é dividida em dois grupos: o primeiro de adolescentes de 12 a 18 anos e o segundo de crianças de 3 a 11 anos.

O ensaio tem como objetivo avaliar a segurança, reatogenicidade e imunogenicidade desses candidatos.

Enquanto isso, um ensaio clínico pediátrico com a vacina anti-Covid-19 Abdala começa hoje na província cubana de Camagüey, com quase 600 crianças e adolescentes participando em duas fases.

A Dra. Sonia Resik, principal investigadora dos estudos com este imunizador no país, disse que neste estudo – chamado Ismaelillo – será avaliada a segurança e a imunogenicidade do produto.

Os resultados, de acordo com o diário Granma, citando Resik, serão anunciados em outubro e lançarão as bases para estender sua aplicação a toda a população infantil do país.

‘Em sua Fase I, o estudo foi concebido em duas etapas: uma primeira, que incluirá adolescentes entre 12 e 18 anos de idade, selecionados de acordo com os critérios de inclusão, que estão física e mentalmente aptos e têm o consentimento dos pais e o consentimento dos menores’, disse Resik.

‘Assim que tivermos os primeiros dados de segurança e aprovação regulamentar, passaremos na semana seguinte para a segunda fase da Fase I, que incluirá um estrato de crianças menores entre três e 11 anos de idade’, acrescentou ela.

Um procedimento semelhante será então seguido para a Fase II, que permitirá que a amostra seja expandida para 592 crianças e adolescentes, disse.

mem/joe/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.