30 de November de 2021

NOTICIAS

Ex-vice-ministra israelense condenada a 10 anos de prisão

Ex-vice-ministra israelense condenada a 10 anos de prisão

Tel Aviv, 14 Jul (Prensa Latina) Um tribunal israelense condenou hoje a ex-vice-ministra e ex-deputada Faina Kirschenbaum a 10 anos de prisão por organizar um esquema de suborno considerado um dos maiores casos de corrupção política em anos neste país.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Kirschenbaum agiu de maneira corrupta e desprezível, sistematicamente e sofisticadamente aceitando subornos de oito pessoas diferentes ao longo de seis anos e roubando dinheiro do erário público, disse o juiz Yaron Levy do Tribunal Distrital de Tel Aviv na sentença.

A polícia aguardava sentença após ser considerada culpada em março de suborno, crimes fiscais, lavagem de dinheiro, fraude e quebra de confiança.

O tribunal também condenou o ex-diretor-geral do Ministério da Agricultura, Rami Cohen, a 30 meses de prisão por seu papel na quadrilha de suborno.

Líder do partido de extrema direita Yisrael Beitenu, Kirschenbaum foi eleita em 2009 como deputada e em 2013 foi nomeada Vice-Ministra do Interior até que renunciou a ambos os cargos em 2015 como resultado da investigação contra ela.

Três anos depois, David Godovsky, outro líder do grupo, foi condenado a sete anos de prisão pelo mesmo caso.

jcm/rob/jcfl/gdc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.