5 de December de 2021

NOTICIAS

Lançam na Europa petição para respeitar a soberania de Cuba

Lançam na Europa petição para respeitar a soberania de Cuba

Paris, 13 jul (Prensa Latina) O canal Europa para Cuba lançou hoje uma petição online para promover o respeito pela soberania da ilha e repudiar apelos à intervenção militar dos EUA disfarçados de ação humanitária.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

‘Nós, cubanos e cidadãos do mundo, pedimos que Cuba e sua soberania sejam respeitadas’, enfatizou a plataforma de solidariedade ativada em outubro passado no pedido introduzido no portal change.org.

O canal criado para apoiar a maior das Antilhas diante das agressões, advertiu que o país caribenho enfrenta um poderoso inimigo que impõe um bloqueio econômico, comercial e financeiro por mais de 60 anos, e é essa mesma potência agressora (Estados Unidos) à qual alguns estão pedindo uma ‘intervenção humanitária’.

A Europa para Cuba denunciou que a intensificação desta política criminosa de cerco é a principal responsável pela complexa situação pela qual a ilha está passando, onde nos últimos dias o número de contágios e mortes por Covid-19 tem aumentado.

A administração de Donald Trump ditou 243 medidas para fortalecer o bloqueio, 50 delas no meio da pandemia, sem que seu sucessor na Casa Branca, Joe Biden, levantasse uma única das ações hostis, cenário deliberadamente ignorado por aqueles que acusam o governo cubano de não fazer o que é necessário diante da Covid-19.

A plataforma de solidariedade lembrou que em Cuba foi seu povo que escolheu o modelo social vigente, o que permitiu o desenvolvimento de uma vacina e vários candidatos contra a Covid-19 e manter os níveis de letalidade do vírus mínimos em comparação com outras nações latino-americanas e do planeta, inclusive as mais ricas.

Também enfatizou que a ilha tem o apoio majoritário do mundo em sua luta contra o bloqueio dos Estados Unidos.

‘Aqueles que defendem uma intervenção militar usando um pretexto humanitário vão contra a decisão soberana do povo cubano de escolher seu próprio destino e viver em paz’, enfatizou.

Nesse sentido, a Europa para Cuba afirmou que a única intervenção urgente que o país bloqueado e atacado precisa é que os Estados Unidos ponham um fim definitivo a seu bloqueio.

jha/wmr/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.