8 de December de 2021

NOTICIAS

Força armada venezuelana rejeita ações de facções políticas

Força armada venezuelana rejeita ações de facções políticas

Caracas, 13 Jul (Prensa Latina) O ministro da Defesa da Venezuela, Vladimir Padrino, afirmou hoje que as Forças Armadas Nacionais Bolivarianas (FANB) rejeitam facções políticas que aparentam ser partidos que promovem a violência no país.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Durante um ato de transmissão de comando das Regiões Estratégicas de Defesa Integral (REDI), realizado nesta terça-feira no Forte Tiuna, em Caracas, ele reiterou que as forças de segurança sempre rejeitarão aqueles que tentam desencadear uma guerra civil.

‘Eles têm a rejeição de toda a FANB que aspira a paz para a pátria, que rejeita a violência. Estamos dispostos a lutar para alcançar a paz nacional, desde nossas trincheiras, postos de comando’, disse o alto comando.

Ele ressaltou que nada do que está acontecendo para fragmentar o país é acidental, mas, destacou, ‘fracassaram novamente nesta tentativa de desestabilização por meio de gangues paramilitares enviadas da Colômbia, com as mesmas táticas criminosas perversas que temos enfrentado na fronteira’.

Ele disse aos novos comandantes da REDI para garantir a estabilidade da ordem interna, a paz da República ‘.

A transmissão do comando esta terça-feira foi estabelecida, na Redi Capital, Javier Marcano; Central, José Murga; Occidental, Renier Urbáez; Los Andes, José Moreno; Los Llanos, Santiago Infante; Oriente, Winder González; Guayana, Alfredo Parra e no Marítimo e Insular, Almirante Neil Villamizar.

O objetivo dessas mudanças se deve à necessidade de fortalecer a defesa dos territórios e consolidar as estratégias de enfrentamento à subversão e ao crime, destacou o ministro.

mem/ycv/jcfl

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.