1 de December de 2021

NOTICIAS

Olimpíadas de Tóquio marcadas pelo estado de emergência

Olimpíadas de Tóquio marcadas pelo estado de emergência

Tóquio, (Prensa Latina) Os Jogos Olímpicos de Tóquio ficarão na história como os primeiros a serem realizados em meio a um estado de emergência devido à pandemia de Covid-19, revelou o primeiro-ministro japonês Yoshihide Suga.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A medida entrará em vigor na próxima segunda-feira, 12 de julho, e terminará em 22 de agosto, o período coberto pelo evento sob os cinco anéis.

Além de Tóquio, a situação de emergência na ilha de Okinawa será prorrogada pelo mesmo período, e nas prefeituras de Osaka, Saitama, Kanagawa e Chiba o regime de restrições sanitárias reforçadas será prorrogado.

‘Ofereço minhas mais profundas desculpas por ter que reemitir um estado de emergência apenas três semanas após o levantamento do anterior’, disse Suga em uma coletiva de imprensa, transmitida pela emissora NHK do Japão.

Durante a vigência do decreto, a venda de produtos alcoólicos será restrita e o karaokê será proibido em restaurantes e bares.

As autoridades japonesas também instaram os cidadãos a se absterem de viajar entre regiões durante as férias de verão e as festas tradicionais de Obon, estas últimas caracterizadas por pessoas que visitam os túmulos de seus antepassados e outras prefeituras.

Segundo o primeiro-ministro japonês, se a situação nos hospitais melhorar e a vacinação tiver um efeito visível, o estado de emergência poderá ser levantado mais cedo.

A decisão do governo japonês é uma tentativa de conter o aumento do número de infecções pelo coronavírus SARS-CoV-2, que causou a pandemia, com 920 casos registrados na capital do Japão na quarta-feira, os mais altos desde meados de maio.

Pelo décimo oitavo dia consecutivo, o número de novos positivos ultrapassa o do mesmo dia da semana anterior.

A Kyodo News Agency informou na quinta-feira que os organizadores dos Jogos Olímpicos decidiram realizar as competições em Tóquio, Saitama, Chiba e Kanagawa sem espectadores.

O presidente do Comitê Olímpico Internacional, Thomas Bach, chegou hoje ao Japão e pretende realizar reuniões telemáticas e presenciais com os responsáveis pelo grande evento esportivo para discutir, entre outras questões, a política a ser seguida com relação à participação do público.

agp/am/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.