1 de December de 2021

NOTICIAS

Brasil receberá a presidência do Mercado Comum do Sul da Argentina

Brasil receberá a presidência do Mercado Comum do Sul da Argentina

Brasília, 8 de jul (Prensa Latina) O Governo do Brasil receberá hoje das mãos da Argentina a presidência do Mercado Comum do Sul (Mercosul), na 58ª Cúpula de Chefes de Estado da organização intergovernamental que será realizada por Videoconferência.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Em nota oficial, o governo federal garante que, durante sua gestão, ‘o Brasil continuará seus esforços para avançar a agenda de modernização do Mercosul, com vistas a transformar o bloco em um instrumento efetivo de competitividade e de melhor inserção regional e global. ‘

O comunicado especifica que, ‘na ampla e variada agenda do sindicato, será dada prioridade à geração de resultados concretos com impacto direto na vida dos cidadãos’.

O texto indica ainda que a cúpula e a reunião precedida às vésperas do Conselho do Mercado Comum, ‘permitirão examinar a situação e as perspectivas do processo de integração regional, bem como as atividades de relações exteriores do bloco’.

Assinala que, no primeiro semestre do ano, os membros do Mercosul ‘deram atenção prioritária a temas como tarifa externa comum, flexibilização das negociações, regras de origem, setores açucareiro e automobilístico, regulamentação técnica, comércio de serviços. E institucional reforma ‘.

Assinala que, no marco da celebração do 30ú aniversário do Tratado de Assunção, foi lançado o Estatuto da Cidadania do Mercosul, que inclui os direitos e benefícios garantidos aos cidadãos dos Estados membros.

Além disso, a carta refere, no domínio das relações externas, progressos na revisão formal e jurídica dos acordos com a União Europeia e a Associação Europeia de Comércio Livre.

‘As negociações com Canadá, Coréia do Sul, Líbano e Cingapura continuaram, assim como o diálogo exploratório com a Indonésia. Na região, foram lançadas as bases para diálogos exploratórios com a República Dominicana e El Salvador’, acrescenta o conteúdo.

Em 2020, o Brasil exportou cerca de 12,4 bilhões de dólares para os países do Mercosul e importou 11,9 bilhões, com um superávit de cerca de 420 milhões.

O processo de integração regional foi instituído inicialmente pela Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai. Em fases posteriores, a Venezuela e a Bolívia aderiram, esta última em processo de adesão.

mem / ocs / fav

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.