15 de August de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Cuba em face da tempestade incomum Elsa

Cuba em face da tempestade incomum Elsa

Havana, 5 jul (Prensa Latina) A chegada e o caminho da tempestade tropical Elsa ao longo da costa sul de Cuba mantém hoje os habitantes da ilha em suspense, acostumados com a passagem de fenômenos semelhantes, embora não seja igualmente incomum.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O Dr. José Rubiera, um renomado meteorologista do país caribenho, considerou este como um organismo interessante por sua desorganização e evolução, algo ‘imprevisível’ para satélites e especialistas.

A Elsa transitou da tempestade tropical para o furacão e depois voltou à primeira categoria, sua velocidade de tradução alarmou os especialistas com 50 quilômetros por hora que depois caíram para 20 e um cone de trajetória igualmente variável.

Como se isso não fosse suficiente, quando as previsões anunciaram seus primeiros efeitos na noite de sábado ou no início da manhã de domingo, o organismo atrasou sua passagem e começou a ser sentido ontem à tarde em Cabo Cruz, província de Granma, com ventos de 85 quilômetros por hora e ondas de mais de três metros.

As reportagens da televisão nacional detalham a preparação exaustiva de cada território para a evacuação de pessoas e bens materiais, assim como para garantir a vitalidade dos serviços vitais.

Sem baixar a guarda devido ao atraso na chegada, os grupos de Defesa Civil de cada município verificaram tudo, desde a salvaguarda das colheitas, medicamentos ou gado até o preparo de pão e outros alimentos secos.

Com uma experiência conhecida na passagem de fenômenos meteorológicos, o país caribenho recebeu a Elsa em um cenário particularmente complexo após vários dias consecutivos relatando números recordes de novas infecções com a Covid-19.

Nesse sentido, o presidente cubano Miguel Díaz-Canel, apelou à disciplina como a chave para enfrentar a tempestade, enquanto o primeiro-ministro Manuel Marrero considerou as decisões locais essenciais para o abrigo seguro das pessoas com medidas sanitárias.

Os modelos de previsão preveem que a Elsa fará aterros em Cuba nas próximas horas entre a província de Cienfuegos e a Península de Zapata, e sua partida poderá ocorrer entre os territórios de Matanzas e Artemisa.

Com discretas chuvas acumuladas e rajadas de ventos de intensidade média, a tempestade confirma em seu caminho a sabedoria da maior das Antilhas na preparação para os fenômenos atmosféricos, enquanto inscreve seu nome como um dos fenômenos mais incomuns da meteorologia em Cuba.

mem/ebr/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.