3 de December de 2021

NOTICIAS

Irã insiste em processar os assassinos do general Qassem Soleimani

Irã insiste em processar os assassinos do general Qassem Soleimani

Teerã, 3 jul (Prensa Latina) O Irã insistiu em processar os assassinos do general Qassem Soleimani, a quem a região da Ásia Ocidental deve sua vitória contra o grupo terrorista Estado Islâmico, informou hoje o Mehr news.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A fonte reproduziu as declarações de Esmail Baghael Hamaneh, representante permanente do Irã no mais alto órgão mundial em Genebra, que rejeitou a descrição de assassinato arbitrário feita por um relator especial da ONU.

O diplomata garantiu que Soleimani era um verdadeiro defensor dos direitos humanos e opositor do terrorismo de gangues extremistas.

Hamaneh descreveu o crime cometido pelos Estados Unidos como brutal, arbitrário, injusto e ilegal, com implicações contra a paz e a segurança no mundo.

E é evidente, disse ele, sua intenção criminosa com a posição de não responsabilizar os autores do homicídio ou de levá-los à justiça.

Para o povo iraniano, Soleimani é um símbolo também lembrado por todas as nações da Ásia Ocidental, observou ele.

Em qualquer caso, acrescentou, nem os iranianos nem os países vizinhos desistirão de sua exigência de levar os assassinos à justiça.

Qassem Soleimani, o sub-comandante das Unidades de Mobilização Popular do Iraque, Abu Mahdi al-Mohandes, e outros combatentes morreram em 3 de janeiro de 2020 em um ataque realizado pela aviação dos EUA em Bagdá, capital do país árabe, sob o comando do então Presidente Donald Trump.

msm / arc / hb

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.