29 de November de 2021

NOTICIAS

Palestina acusa Israel de impedir o direito de reagrupamento familiar

Palestina acusa Israel de impedir o direito de reagrupamento familiar

Ramallah, 2 jul (Prensa Latina) O Ministério das Relações Exteriores e Emigrantes da Palestina acusou hoje Israel de privar milhares de nacionais do direito ao reagrupamento familiar e pediu que fossem tomadas medidas para impedir as contínuas violações de Tel Aviv.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Em uma circular enviada a suas embaixadas, e citada pela agência de notícias Wafa, o Ministério das Relações Exteriores exortou seus diplomatas a explicar em detalhes esta questão humanitária e a apresentar o caso aos governos, parlamentos, opinião pública e organizações de direitos humanos nos países anfitriões.

A nota destacou ‘os perigos desta política racista’ e a flagrante violação do direito internacional que ela representa.

O texto afirma que a estratégia israelense procura implementar a punição coletiva a fim de rasgar o tecido social do povo palestino.

oda/rob/vmc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.