28 de January de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Subsecretaria das Diversidades defenderá grupo Lgbtiq+ no Equador

Subsecretaria das Diversidades defenderá grupo Lgbtiq+ no Equador

Quito, 29 jun (Prensa Latina) A criação de uma Subsecretaria das Diversidades é hoje, para muitos, um passo em frente na luta contra a discriminação e a violência contra a comunidade Lgbtiq+ no Equador.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

‘O Equador marca um marco histórico no qual se junta aos 62 países do mundo na construção de uma política pública com leis de proteção contra a discriminação com base na orientação sexual’, disse a Secretária dos Direitos Humanos, Bernarda Ordoñez.

Como ela disse, trabalharão para uma sociedade sem violência, para eliminar a discriminação em três áreas-chave: o local de trabalho, a educação e o sistema judicial.

O órgão será dirigido por Felipe Ochoa, que tem experiência em política pública sobre direitos humanos, educação e relações internacionais.

Segundo as autoridades, o principal objetivo será promover, prevenir, assistir e investigar factos relacionados com violações de direitos do grupo Lgbtiq+ acima mencionado (lésbicas, gays, bissexuais, transgêneros, transexuais, travestis, intersexuais e queer), a fim de erradicar todos os tipos de violência com base na orientação sexual e identidade de género.

Criará também um espaço para a geração de políticas públicas abrangentes destinadas a construir sociedades mais empáticas em relação à diversidade social.

Entre as primeiras ações a serem levadas a cabo está a promoção da construção de grupos de trabalho interinstitucionais permanentes para avaliar o encerramento de clínicas terapêuticas que tentam modificar a orientação sexual ou identidade de género, uma prática sancionada pelo Código Penal Orgânico Global.

Está também prevista a implementação de uma rota de cuidados para pessoas que tenham sido admitidas em tais locais.

O Subsecretariado procurará também trabalhar com todas as instituições do Executivo para chegar a um acordo sobre medidas administrativas específicas para garantir os direitos desta comunidade num ambiente livre de discriminação no local de trabalho.

Na sua conta no Twitter, o Presidente da República Guillermo Lasso disse: ‘Hoje expandimos as competências de @DDHH_Ec, liderado por Bernarda Ordoñez. O Subsecretário das Diversidades, responsável por Felipe Ochoa, irá trabalhar em políticas públicas abrangentes que garantam os direitos humanos das pessoas LGBTIQ+’.

Na mesma linha, advertiu que as ações do executivo têm como eixo transversal o respeito irrestrito pelos direitos humanos, especialmente para erradicar todas as formas de violência contra as mulheres e os equatorianos por causa da sua orientação sexual ou diversidade de género.

A nova instância surgiu no quadro do mês do orgulho Lgbtiq+ e é o resultado de um pedido de várias organizações sociais.

jha/scm/vmc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.