1 de December de 2021

NOTICIAS

Crianças e conflitos armados serão temas de debates na ONU

Crianças e conflitos armados serão temas de debates na ONU

Nações Unidas, 28 jun (Prensa Latina) O Conselho de Segurança das Nações Unidas será o anfitrião hoje de um debate virtual aberto sobre a questão das crianças e dos conflitos armados, após o recente relatório sobre graves violações contra menores no contexto de guerras.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Na semana passada, um relatório das Nações Unidas alertou que o número de violência contra crianças vivendo nessa situação continua alarmantemente alto no último ano, enquanto a pandemia de Covid-19 aumentou a vulnerabilidade da população infantil.

Mais de 19.300 crianças afetadas por conflitos no ano passado foram vítimas de graves violações, como recrutamento ou abuso sexual, de acordo com o texto divulgado pela Representante Especial do Secretário-Geral da ONU para Crianças e Conflitos Armados, Virginia Gamba.

A pandemia dificultou que os especialistas chegassem até eles e lhes fornecessem assistência e melhor proteção, disse ela.

Além disso, disse Gamba, a crise de saúde tornou essas crianças mais vulneráveis a sequestros, recrutamento e violência sexual.

O recrutamento e uso militar, assim como a matança e mutilação de crianças, foram as violações mais frequentes em 2020, seguidas pela negação de acesso humanitário e sequestro, de acordo com o relatório.

Da mesma forma, houve um crescimento exponencial dos sequestros, que aumentou em 90% no ano passado, enquanto o estupro e outras formas de violência sexual dispararam em 70%.

Os ataques a escolas e hospitais permaneceram excessivamente altos, incluindo agressões graves à educação das meninas e às instalações e ao pessoal de saúde.

O relatório constatou que as meninas constituíam um quarto de todas as crianças vítimas e sofriam principalmente estupro e outras formas de violência sexual, seguido de assassinatos e mutilações.

A pandemia tornou as escolas alvos fáceis de ocupação e uso militar, e no último ano houve um aumento de tais fenômenos enquanto as escolas foram temporariamente fechadas no contexto da crise sanitária.

Em tal contexto, a ONU insistiu na necessidade de garantir recursos para a proteção da criança em um momento de extremo sofrimento para as crianças, dados os numerosos retrocessos nos processos democráticos e o aumento da violência entre as partes em conflito.

jf/ifb/vmc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.