6 de December de 2021

NOTICIAS

Irã exige fim do legado do ex-presidente Donald Trump

Irã exige fim do legado do ex-presidente Donald Trump

Teerã, 27 Jun (Prensa Latina) O Irã exigiu hoje o fim da chamada política de pressão máxima contra a República Islâmica do ex-presidente norte-americano Donald Trump e, assim, salvar o Plano Integral de Ação Conjunta (PIAC) ou acordo nuclear.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Essa campanha lançada por Trump retomou as medidas punitivas levantadas com a assinatura do PIAC em 2015 entre Teerã e o grupo 5 + 1 (Estados Unidos, Reino Unido, França, Rússia e China mais Alemanha).

Mas Washington abandonou o selo e violou o consentimento para pressionar as autoridades iranianas a renegociar o pacto.

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores iraniano, Saeed Khatibzadeh, alertou em um tweet que há tempo limitado para o diálogo em Viena, na Áustria, para recuperar o PIAC.

O Irã não se sentará para sempre à mesa de negociações para debater a questão, disse ele.

Ainda é possível retomar o acordo, se Washington deixar as políticas coercitivas estabelecidas pelo ex-presidente dos Estados Unidos.

Khatibzadeh reiterou que não aceitará as intenções do atual presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, cuja equipe pretende manter algumas sanções anti-iranianas como instrumento de pressão.

Ele também ratificou que assim que os Estados Unidos retornarem às suas obrigações no PIAC, Teerã voltará a consentir, embora, frisou, a República Islâmica sempre tenha respeitado isso.

Todas as medidas tomadas pelo Irã para reduzir seus compromissos nucleares foram amparadas pelos artigos 26 e 36, que permitem a adoção de medidas corretivas no caso de algum outro signatário não respeitar o que foi acordado.

jcm/arc/jcfl

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.