3 de December de 2021

NOTICIAS

Revelam possíveis causas de queda de prédio em Miami, EUA

Revelam possíveis causas de queda de prédio em Miami, EUA

Washington, 26 jun (Prensa Latina) Uma consultoria de engenharia adverte desde 2018 sobre as grandes falhas estruturais do prédio que desabou na quinta-feira em Miami, Flórida, que causou quatro mortes e cerca de 160 desaparecimentos, informou hoje a mídia local.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

De acordo com um relatório publicado pelas autoridades da Surfside em seu site, os especialistas fizeram esses avisos e relataram um projeto de reparo que começaria em breve.

Frank Morabito, o consultor de engenharia que conduziu o estudo três anos atrás, encontrou ‘abundantes rachaduras e lascas de vários graus nas colunas, vigas e paredes de concreto do estacionamento do andar térreo’.

O relatório também incluiu fotos de rachaduras nas colunas e concreto caindo, que expôs os reforços de aço no telhado da garagem, e observou que a deterioração do concreto deve ser reparada em tempo hábil. ‘

‘Esses documentos permitirão ao Conselho do Condomínio avaliar adequadamente as condições gerais do edifício, notificar os inquilinos de como eles podem ser afetados e fornecer uma infraestrutura segura e funcional para o futuro’, escreveu ele na época.

Kenneth Direktor, advogado que representa a associação de condomínios, disse ao The New York Times que os reparos no prédio sugeridos no relatório estavam prestes a começar.

O Times observou que o requisito de 40 anos para a recertificação de edifícios foi estabelecido após um colapso de um edifício anterior em Miami em 1974.

O relatório foi divulgado em um momento em que os serviços de emergência ainda estão realizando esforços de busca e resgate para as 159 pessoas que ainda estão desaparecidas após o colapso de quinta-feira em cerca de metade das mais de 130 unidades do prédio.

O Instituto Nacional de Padrões e Tecnologia (NIST) do governo federal disse na sexta-feira que enviaria seis cientistas e engenheiros para conduzir uma investigação preliminar sobre o que pode ter causado o colapso.

O primeiro processo pelo desastre foi aberto na quinta-feira, no qual as partes interessadas alegaram que o colapso ocorreu ‘devido à proteção inadequada tanto da segurança dos residentes quanto dos visitantes do prédio’.

O presidente dos EUA, Joe Biden, declarou ontem uma emergência para o estado da Flórida após o desabamento do prédio em Miami, e autorizou a Agência Federal para o Manejo de Emergências (FEMA) ‘a coordenar todas as atividades de socorro para aliviar as dificuldades da população local’.

A declaração foi feita depois que o condomínio Champlain Towers South desmoronou parcialmente por volta das 2h, horário local, na quinta-feira, fazendo com que aproximadamente 55 dos mais de 130 apartamentos caíssem no chão.

mem / rgh / hb

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.