6 de December de 2021

NOTICIAS

Prioridades e obstáculos de Biden

Prioridades e obstáculos de Biden

Havana, 26 jun (Prensa Latina) O plano de investimento em infraestrutura de cerca de dois trilhões de dólares para os próximos anos nos Estados Unidos e uma ampla reforma das leis eleitorais são duas das principais prioridades legislativas do Presidente Joe Biden.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Segundo a secretária de imprensa da Casa Branca, Jen Psaki, o líder democrata está ansioso para continuar as discussões sobre seu programa de investir grandes somas em estradas, pontes e outras infraestruturas, bem como no combate à mudança climática e no cuidado das crianças e dos idosos.

Entretanto, as disputas sobre a questão continuam a se centrar em como esse plano deve ser financiado, já que o presidente insiste em aumentar os impostos sobre as grandes corporações, algo que os republicanos rejeitam.

Outra proposta priorizada pelo chefe da Casa Branca é a reforma das leis eleitorais, agora em consideração pelo Senado, a chamada Lei do Povo é expressamente destinada a proteger o direito de voto e compensar as ações desenvolvidas nos últimos meses pelo partido vermelho em muitos estados do país para restringir o comparecimento às urnas de amplos setores da sociedade.

Os especialistas insistem que esta legislação, de cerca de 900 páginas, é a mais extensa em várias gerações sobre a questão eleitoral, mas que entrará em colapso no Senado diante da estratégia obstrucionista dos republicanos.

Como parte da ofensiva democrata, nas próximas semanas a vice-presidenta Kamala Harris se reunirá com representantes de organizações de direitos eleitorais para apresentar os argumentos da administração contra as medidas de restrição de acesso às urnas aprovadas na Flórida, Geórgia, Texas e Arizona.

De qualquer forma, tanto o Plano Americano de Emprego (projeto de lei de investimento) quanto esta reforma eleitoral abrangente são peças de legislação vitais para o presidente e seus aliados como uma posição segura para as eleições de meio de mandato de 2022.

Nessa corrida, o partido azul está buscando manter uma maioria tanto no Senado quanto na Câmara dos Deputados, mas alguns especialistas vão mais longe e dizem que as duas peças legislativas se destinam a preparar o caminho para os candidatos democratas que decidirem concorrer à presidência e à vice-presidência dos Estados Unidos em 2024 também. Talvez seja por isso que a Biden queira investir grande agora.

(Extraído de Orbe)

/vmc/gdc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.