28 de January de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Fora Bolsonaro voltará às ruas do Brasil em julho

Fora Bolsonaro voltará às ruas do Brasil em julho

Brasília, 23 jun (Prensa Latina) A Frente Fora Bolsonaro, um dos organizadores das últimas mobilizações em todo o Brasil, confirmou hoje 24 de julho como a nova data para protestos para exigir o impeachment do Presidente Jair Bolsonaro.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

De acordo com o grupo de entidades da sociedade civil, os manifestantes também defenderão nesse dia a aceleração da vacinação em massa contra a Covid-19 e a ajuda de emergência de 600 reais (cerca de US$106) até o fim da pandemia.

Além disso, eles exigirão uma política de criação de empregos, a retomada do crescimento econômico e dos direitos sociais. Os protestos de sábado passado reuniram cerca de 750.000 pessoas em mais de 400 cidades brasileiras, um número 25% superior à mobilização de 29 de maio, de acordo com as fontes.

Relataram que as ações de 19 de junho também ocorreram no exterior, em lugares como Estados Unidos, Suíça, Alemanha, Portugal, Espanha e Argentina.

Espera-se que as ações cruzem novamente as fronteiras nacionais em 24 de julho.

Chamados pelas frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, e apoiados por organizações sociais e sindicais, partidos e líderes políticos, os protestos, apelidados de #19J, responsabilizaram Bolsonaro pelo genocídio promovido no país.

‘Não tire sua máscara, tire Bolsonaro’, ‘Vacina agora, vacina agora, Fora Bolsonaro e o governo militar’, ‘Alimentação, vacina, saúde e educação’, foram algumas das frases em cartazes e cantadas em coro durante os eventos.

As maiores mobilizações aconteceram em Brasília, Rio de Janeiro, São Luís, Recife, Belém do Pará, Aracaju, Teresina e centenas de outras cidades.

A Frente Fora Bolsonaro denunciou que o governante insiste em recomendar o uso de drogas sem eficácia comprovada, como a cloroquina, não usa máscaras e é acusado de promover o chamado tratamento precoce contra o patógeno sem prova científica.

Da mesma forma, os manifestantes apoiaram o trabalho da Comissão Parlamentar de Inquérito que avalia em sua oitava semana as ações, omissões e negligência do Poder Executivo em relação ao patógeno.

Em #19J, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que seria um chamado à sociedade ‘para protestar contra o desgoverno e o genocídio’.

Até hoje o Brasil acumulou 504.717 vidas perdidas e 18 milhões de 54.653 pessoas infectadas pelo coronavírus SARS-CoV-2, a causa da Covid-19.

mem/ocs/bm

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.