6 de December de 2021

NOTICIAS

Gabinete paralelo do Bolsonaro ante Covid-19 a ser exposto no Brasil

Gabinete paralelo do Bolsonaro ante Covid-19 a ser exposto no Brasil

Brasília, 22 de junho (Prensa Latina) A comissão senatorial, que supervisiona a gestão governamental perante à Covid-19 (CPI), ouvirá hoje o deputado Osmar Terra, membro do chamado gabinete paralelo que orientou o presidente Jair Bolsonaro na luta contra a doença no Brasil.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Segundo a Agência Senado, o Terra, ex-ministro da Cidadania, foi convocado pela primeira vez em maio, durante o testemunho do ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta na ICC.

Na ocasião, Mandetta confessou que ‘outras pessoas’ procuraram negar as diretrizes do Ministério da Saúde a Bolsonaro e, entre elas, o ex-chefe da Cidadania.

Durante uma reunião realizada em setembro na presença do chefe de Estado, o parlamentar foi apresentado como padrinho de um grupo de médicos que apoiavam o uso de drogas ineficazes contra o vírus.

‘Em várias ocasiões, Osmar Terra expressou sua opinião sobre como a abordagem da crise deve ser feita. Imunização coletiva, não através da vacinação em massa, mas através da exposição do maior número possível de pessoas’, disseram os senadores Humberto Costa e Rogério Carvalho, justificando o pedido aprovado pela diretoria.

O congressista Alessandro Vieira é o autor de outro pedido de audiência do ex-ministro. Embora as exigências tenham sido inicialmente apresentadas como intimação, finalmente foram votadas como convite.

A este respeito, Terra confirmou à CNN Brasil que testemunhará na terça-feira na ICC e que aludir a um escritório paralelo no governo federal para combater a pandemia ‘é uma falácia’.

Ele disse que estava ‘muito calmo (sobre o testemunho na comissão)’ e lamentou as distorções e os materiais que tentam desqualificá-lo.

Para a CPI, o legislador é um dos principais membros do gabinete fora do Ministério da Saúde que elaborou as principais políticas de combate ao patógeno, como a chamada imunidade do rebanho.

Algumas publicações médicas afirmam que tal imunidade, também chamada de imunidade da comunidade ou do rebanho, ocorre quando há um número suficiente de pessoas resistentes à doença, seja porque foram infectadas ou vacinadas, e o vírus não pode mais se espalhar, portanto, os casos deixam de aumentar.

Em sua oitava semana de pleitos, o CPI foi criado para investigar o desempenho do Poder Executivo frente ao Covid-19, que até o momento já reclamou 502.586 mortes e 17.996.831 infectados.

ga/ocs/vmc

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.