28 de November de 2021

NOTICIAS

Exército sírio matou 80 terroristas no deserto

Exército sírio matou 80 terroristas no deserto

Damasco, 22 Jun (Prensa Latina) O número de extremistas da organização do Estado Islâmico (Daesh em árabe) eliminados pelo exército sírio durante suas operações no deserto aumentou para 80, anunciou hoje um funcionário citado pelo jornal Al-Watan.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A fonte acrescentou que aeronaves russas e sírias realizaram pelo menos 60 incursões nas últimas 24 horas contra alvos do Daesh em áreas desérticas nas províncias centrais de Homs e Hama, enquanto os militares de infantaria continuam a vasculhar as cavernas e quartéis-generais subterrâneos dos radicais.

Da mesma forma, um comboio de ônibus com soldados e veículos equipados com metralhadoras chegou à cidade de Palmira, em meio aos preparativos para o lançamento de uma ofensiva com o objetivo de limpar a serra oriental daquela cidade de qualquer presença terrorista.

A operação, segundo a mídia, será realizada com cobertura e apoio de helicópteros e drones de reconhecimento russos.

No dia anterior, os homens uniformizados encontraram e destruíram armazéns e quartéis-generais subterrâneos de extremistas nas áreas desérticas.

Damasco e Moscou denunciaram em várias ocasiões que os Estados Unidos treinam e transferem extremistas para usá-los em ataques contra posições do Exército e comunidades civis no deserto da Síria.

De acordo com dados comprovados, os recentes ataques no deserto são planejados e facilitados pelas forças dos EUA, que oferecem armas e informações de inteligência a terroristas de sua base na região síria de Tanef, a fim de desestabilizar e prolongar a guerra nesta área da Nação do Levante .

ga/fm/jcfl

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.