25 de January de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Negligência causou incêndio criminoso em navio no Sri Lanka

Negligência causou incêndio criminoso em navio no Sri Lanka

Colombo, 13 Jun (Prensa Latina) Uma investigação criminal da Polícia do Sri Lanka revelou que o incêndio a bordo do navio porta-contêineres X-Press Pearl foi causado por negligência, como divulgado hoje.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

A polícia disse que o Departamento de Investigações Criminais e outras equipes de detetives estão rastreando o pior desastre marítimo do Sri Lanka, observou o primeiro portal do News.

A Divisão de Crimes Informáticos do Departamento de Investigação Criminal investiga o gravador de dados da viagem ou a caixa preta do navio.

Os detetives receberam depoimentos de cerca de 30 pessoas em conexão com a calamidade do cargueiro, incluindo o capitão e a tripulação, bem como especialistas locais em incêndio.

O navio com bandeira de Cingapura foi pego em chamas em 20 de maio na costa oeste do Sri Lanka e seu naufrágio pode causar graves danos ao ecossistema marinho e costeiro devido a derramamentos de óleo e produtos químicos.

A X-Press Feeders, entidade proprietária do cargueiro, disse que sua equipe de resgate permanece no navio para monitorar suas condições e quaisquer sinais de vazamento de óleo.

O navio saiu do porto de Hazira, no oeste da Índia, com destino ao Sri Lanka, com 1.486 contêineres, quando o incêndio começou em Colombo.

Na carga estavam 81 contêineres de mercadorias perigosas, incluindo 25 toneladas métricas de ácido nítrico, um ingrediente chave na produção de explosivos e um possível fator de incêndio a bordo.

Por outro lado, a Autoridade de Proteção Ambiental Marinha do Sri Lanka removeu 1.000 toneladas métricas de resíduos das praias, após o desastre do X-Press Pearl.

‘Realizamos um processo de limpeza em 200 quilômetros de praia’, disse Darshani Lahandapura, presidente da Autoridade de Proteção ao Meio Ambiente Marinho.

O Ministro de Estado dos Portos e Transporte Marítimo afirmou que foi apresentada uma reclamação preliminar de US $ 40 milhões por danos causados pelo desastre marítimo.

Jcm/abm/jcfl

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.