15 de August de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Sri Lanka enfrenta pior desastre ambiental marítimo

Sri Lanka enfrenta pior desastre ambiental marítimo

Colombo, 2 jun (Prensa Latina) O Sri Lanka enfrenta seu pior desastre ambiental marítimo, após o naufrágio hoje de um navio cheio de produtos químicos com várias centenas de toneladas de óleo ainda em seus tanques de combustível.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

O MV X-Press Pearl, que carregava centenas de toneladas de produtos químicos e plásticos, queimou por 13 dias perto da costa da ilha antes que as equipes de resgate apagassem as chamas ontem.

Uma grande quantidade de dejetos de plástico inundou as praias, mas as autoridades temem um desastre ainda maior, caso as 278 toneladas de combustível e 50 toneladas de gás nos tanques de combustível sejam derramadas no Oceano Índico.

A porta-voz da Marinha, Indika de Silva, disse que nesta quarta-feira, quando os rebocadores começaram a tentar levar o navio ao mar, o navio começou a afundar lentamente.

De Silva acrescentou que a Marinha ajudou a empresa de salvamento holandesa Smit a embarcar no navio e estabelecer uma conexão de reboque depois que as tentativas anteriores falharam devido ao tempo ruim.

Segundo o responsável, o objetivo é que o cargueiro seja rebocado o mais longe possível da costa antes de afundar completamente.

A disseminação de grânulos microplásticos dos contêineres do navio já forçou a proibição da pesca e levanta preocupações para a vida selvagem e o meio ambiente.

As autoridades acreditam que o incêndio destruiu a maioria dos cerca de 1.500 contêineres a bordo.

O presidente Gotabaya Rajapaksa pediu à Austrália na segunda-feira que ajudasse a avaliar os danos ecológicos à ilha, um dos países com maior biodiversidade no sul da Ásia.

Por outro lado, o Sri Lanka iniciou uma investigação criminal, pois as autoridades acreditam que o incêndio foi causado por um vazamento de ácido nítrico que a tripulação aparentemente conhecia desde 11 de maio, nove dias antes do início do incêndio.

A polícia informou que o capitão e o engenheiro-chefe, ambos de nacionalidade russa, e um terceiro oficial, foram interrogados a respeito.

No momento, um tribunal ordenou a apreensão dos passaportes dos três investigados.

O MV X-Press Pearl registrado em Cingapura estava indo para Colombo, vindo de Gujarat, na Índia, quando o incêndio começou, após uma visita anterior ao Catar e à Dubai.

mem / lp / hb

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.