27 de May de 2022
nombre generico prensa latina

notícia

nombre generico prensa latina
Bandera portugal
Edição Portuguesa

NOTICIAS

Negociação sobre greve na Colômbia segue paralisada

Negociação sobre greve na Colômbia segue paralisada

Bogotá 28 Mai (Prensa Latina) O Comitê Nacional de Greve responsabilizou hoje o Governo Iván Duque pela estagnação nas negociações do documento emergencial devido ao atraso na assinatura do acordo preliminar de protesto social na Colômbia.
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Lamentamos que o governo nacional não tenha uma resposta sobre o acordo preliminar que alcançamos sobre as garantias para o exercício do protesto social, disse Francisco Maltés, presidente da Central Unitaria de Trabajadores da Colômbia.

Portanto, esta demora faz com que o responsável pela greve seja o Governo do Presidente Duque, que não compreende a complexidade da situação no país, sublinhou.

Acordamos. Disse, numa reunião para o próximo domingo e pretendemos chegar a um acordo sobre as garantias para o exercício do protesto social, está instalada a metodologia para o desenvolvimento da negociação do documento emergencial e a mesa de negociação.

Na passada segunda-feira a Comissão aprovou por unanimidade o acordo preliminar alcançado com o Executivo sobre as garantias para o exercício do protesto social e o Governo adiou a sua assinatura.

O maior surto social da história recente da Colômbia marca hoje um mês desde o início da greve nacional contra uma reforma tributária que afetaria a maioria.

Desde 28 de abril, os protestos continuam nas ruas e também a violência policial contra os manifestantes com saldo de mais de 60 mortes.

mgt/otf/jcfl

minuto por minuto
NOTAS RELACIONADAS
ÚLTIMO MINUTO
Logo Horizontal Prensa LAtina

© 2016-2021 Prensa Latina
Agência Latino-americana de Notícias

Rádio – Publicações – Vídeos – Notícias a cada minuto.
Todos os Rigts Reservados.

Rua E No 454, Vedado, Havana, Cuba.
Telefones: (+53) 7 838 3496, (+53) 7 838 3497, (+53) 7 838 3498, (+53) 7 838 3499
Prensa Latina © 2021.